Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre Fernando Mac Dowell, vice-prefeito do Rio, aos 72 anos

Eleito ao lado de Marcelo Crivella em 2016, o engenheiro faleceu na noite deste domingo, vítima de um infarto; ele estava internado desde o dia 13

O vice-prefeito do Rio de Janeiro, Fernando Mac Dowell, faleceu na noite deste domingo, 20, de acordo com o Hospital Vitória, onde estava internado há uma semana. Engenheiro, Mac Dowell tinha 72 anos e foi eleito em 2016, na chapa liderada pelo atual prefeito, Marcelo Crivella (PRB).

No último dia 13, o vice-prefeito sofreu um infarto no miocárdio extenso e passou por uma angioplastia de emergência. A situação de Mac Dowell veio à público só na quarta-feira, 16, quando foi divulgado o boletim médico.

Em nota, Crivella afirmou que o vice foi um “companheiro exemplar, um notório servidor público com inestimáveis serviços prestados a nossa cidade”. “Neste momento de dor imensa, minhas orações e pensamentos estão com sua família e com todos que admiravam o seu caráter e sua generosidade”, completou o prefeito, que decretou luto oficial de três dias.

No último pleito, Mac Dowell, então filiado ao PR, se tornou vice da chapa vitoriosa depois de uma indicação da deputada federal Clarissa Garotinho (Pros-RJ), de quem ele foi assessor sobre transportes, sua especialidade acadêmica, entre 2015 e 2016, em uma comissão da Câmara dos Deputados dedicada ao tema.

Durante o primeiro ano da gestão de Crivella, o vice-prefeito acumulou a função com a de secretário municipal de Transportes. No entanto, distante politicamente do prefeito, foi substituído no começo de 2018 por Rubens Teixeira.

Em outro momento turbulento, durante o Carnaval, Mac Dowell se queixou do político do PRB por este ter se ausentado da cidade durante as festividades – deixando a responsabilidade para ele. “Eu gostaria que ele estivesse aqui, honestamente, para representar o Rio. A presença dele é importante”, disse.

O vice deixou quatro filhos. Um deles, Fernando Mac Dowell Filho, vinha demonstrando nas redes sociais o nível do estranhamento entre o pai e o prefeito. Pré-candidato à deputado federal pelo Podemos e aliado do senador Romário, Mac Dowell Filho compartilhou recentemente notícias com tom crítico a Crivella. Em uma delas, escreveu a legenda “sem gestão fica difícil… se bem que ele [Crivella] já admitiu que não sabe fazer”.

A partir de agora, caso o político do PRB deixe o Brasil para compromissos internacionais, a Prefeitura passa a ser assumida interinamente pelo presidente da Câmara Municipal, o vereador Jorge Felippe (MDB).

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Osmar Souza dos Santos

    Menos um político ladrão não vai fazer falta,infelizmente ainda não chegou na quadrilha do presidente corrupto pra queimar todos no inferno,o problema essa quadrilha chegar no inferno é colocar satanás nos maus caminhos seria o máximo capacidade eles tem pra tal façanha…

    Curtir