Clique e assine com 88% de desconto

Moro autoriza Força Nacional para coibir manifestações em Brasília

Segundo o Ministério da Justiça, a corporação atuará para a 'preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio'

Por Giovanna Romano - Atualizado em 17 abr 2019, 17h13 - Publicado em 17 abr 2019, 14h19

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, autorizou o emprego da Força Nacional de Segurança Pública na região da Praça dos Três Poderes e da Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para coibir possíveis manifestações por um período de 33 dias.

De acordo com a portaria publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 17, a corporação atuará para a “preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, na defesa dos bens e dos próprios da União em caráter episódico e planejado”. O prazo poderá ser prorrogado se necessário, de acordo com o ministério.

A operação terá o apoio logístico da pasta comandada por Moro, que deverá dispor da infraestrutura necessária à Força Nacional. O contingente a ser disponibilizado não está predefinido e será determinado pelo ministério.

A decisão vem em um momento sensível da política nacional. Nas semanas em que o decreto estiver em vigor, estão previstas etapas importantes da tramitação da reforma da Previdência, como as votações na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e na comissão especial. Há previsão de protestos.

Publicidade