Clique e assine com até 92% de desconto

Mantega continuará à frente do Ministério da Fazenda

Mantega conversou nesta quinta-feira, 18, com Dilma durante quase duas horas, na Granja do Torto

Por Da Redação 18 nov 2010, 16h40

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, continuará no comando da pasta economia no governo de Dilma Rousseff. A informação foi confirmada pelo secretário de comunicação do Partido, deputado federal André Vargas (PT-PR).

Mantega conversou nesta quinta-feira, 18, com Dilma durante quase duas horas, na Granja do Torto. Na viagem que fez a Seul para a reunião do G-20, na semana passada, a presidente eleita já havia dado sinais de que Mantega permaneceria na Fazenda.

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, não deverá ficar no posto. Para o seu lugar, o mais cotado é o diretor de Normas e Organização do Sistema Financeiro, Alexandre Antônio Tombini.

Mantega ocupa a pasta desde março de 2006 e sucedeu o então ministro Antonio Palocci depois que ele foi acusado de quebrar o sigilo do caseiro Francenildo Costa.

Antes de se tornar ministro da Fazenda, Mantega atuou, ainda no governo Lula, como presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e ministro do Planejamento.

Economista, Mantega também foi membro da Coordenação do Programa Econômico do PT nas eleições presidenciais de 1984, 1989, 1998 e 2002.

Continua após a publicidade
Publicidade