Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Maia nega ter tratado sobre ‘superpoderes’ de partidos com Paulo Guedes

Em relação ao seu apoio no segundo turno da eleição, deputado também rejeita que tenha negociado com candidatos

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 22 set 2018, 12h09 - Publicado em 22 set 2018, 12h07

O presidente da Câmara dos Deputados e candidato à reeleição, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que nunca tratou com o economista da campanha de Jair Bolsonaro (PSL), Paulo Guedes, sobre mudanças no sistema de votação da Casa com “superpoderes” de partidos.

Segundo o jornal O Globo, Guedes se reuniu há seis meses com Maia para tratar sobre a adoção do que ele chamou de “voto programático” de bancada, onde todos os votos seriam computados integralmente a favor de um projeto se mais da metade dos parlamentares daquele partido votassem daquela forma.

“Nunca tratei com ele sobre isso”, disse o deputado. Maia afirmou também não conhecer o teor da proposta. “Não posso falar sobre o que não conheço. Pela imprensa, parece uma ideia ruim”, afirmou.

  • Em relação ao seu apoio à corrida presidencial no segundo turno, Maia também negou que tenha tratado sobre o assunto com qualquer candidato. Oficialmente o DEM, partido de Maia, apoia o candidato Geraldo Alckmin (PSDB) junto com o Centrão. Porém, à medida que o tucano não ganha fôlego nas pesquisas, crescem especulações sobre para qual lado os partidos do bloco devem pender na segunda etapa do pleito.

    Continua após a publicidade
    Publicidade