Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Lula recebeu notícia com a ‘serenidade do inocente’, diz petista

Segundo Márcio Macêdo, vice-presidente do partido, serão convocadas manifestações de rua em defesa do ex-presidente e contra a condenação por Moro

Por Da Redação Atualizado em 12 jul 2017, 18h31 - Publicado em 12 jul 2017, 17h30

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estava no instituto que leva seu nome, em São Paulo, quando soube de sua condenação a nove anos e meio de prisão pelo juiz Sergio Moro pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Segundo Márcio Macêdo, um dos vice-presidentes do PT, o petista recebeu a notícia “com a serenidade do inocente e a indignação de um injustiçado”.

Macêdo informou que a Executiva Nacional do partido vai se reunir com representantes dos movimentos sociais e das frentes Brasil Popular e Povo sem Medo ainda na tarde desta quarta-feira, para decidir sobre ações de reação política à condenação. Segundo ele, o ato que está sendo convocado nas redes sociais para esta tarde na Avenida Paulista não é organizado pelo PT.

“É uma manifestação voluntária de homens e mulheres de bem deste país que estão indignados com o que aconteceu. Não é uma movimentação organizada por nós, mas vamos tratar desse assunto com os movimentos sociais e vamos fazer mobilizações pelo país”, disse.

  • Ao ser perguntado se a condenação tornaria inviável uma eventual candidatura de Lula em 2018, Macêdo disse que o assunto não foi discutido. “Estamos indignados com o que aconteceu”, disse. Segundo Macêdo, Lula vai se pronunciar “na hora adequada”.

    Continua após a publicidade
    Publicidade