Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Huck ‘está considerando’ candidatura à Presidência, diz FHC

Em entrevista, ex-presidente confirma que jantou com o apresentador em São Paulo, ontem, e ressalta que apoiará Geraldo Alckmin nas eleições de outubro

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) declarou nesta sexta-feira, em entrevista à Rádio Guaíba, que o apresentador Luciano Huck “está considerando” se candidatar à Presidência da República nas eleições de outubro. O tucano, que jantou nesta quinta-feira com Huck em São Paulo, disse entender que a escolha do apresentador entre a TV e a política “não é uma decisão fácil”. Luciano Huck negou oficialmente, em novembro, que vá disputar o Palácio do Planalto, mas pediu para ter o nome mantido em pesquisas de intenção de voto e tem tido conversas com partidos, como o PPS, que já lhe abriu as portas para a corrida presidencial.

“Ele está considerando a possibilidade, mas ele trabalha na Globo, tem um contrato e tem que pesar essas coisas todas. Ele tem que ver por qual seria o partido e como vai ser. Que eu saiba, não há uma decisão por parte dele e não é uma decisão fácil. É uma decisão que tem que ser dele. Eu não vou imaginar que eu possa influir, pois ele sabe a minha posição”, disse.

Apesar de ver com bons olhos e encorajar a candidatura do apresentador, o ex-presidente reafirmou na entrevista que vai apoiar o governador de São Paulo e presidente do PSDB, Geraldo Alckmin, na disputa pelo Palácio do Planalto.

“Eu vi nos jornais que ele esteve comigo, ontem, e de fato ele esteve e jantou comigo. Ele de vez em quando janta comigo, eu vou na casa dele, o padrasto dele é meu amigo, a mãe dele é minha amiga, nós somos amigos de família e eu converso com Luciano. Eu não sei que decisão ele vai tomar. Agora, eu tenho partido, eu sou do PSDB, que terá o seu candidato. Então, uma coisa não implica na outra. Eu acho que ele é uma pessoa bem intencionada que tem contato com o povo e pode trazer algumas ideias para o país. Mas eu vou seguir a linha do meu partido”, afirmou o ex-presidente.

Em função dos elogios do ex-presidente ao empresário, alas do PSDB, sobretudo aliados de Geraldo Alckmin, têm demonstrado irritação. Em entrevista à rádio Jovem Pan nesta semana, FHC disse que a candidatura de Luciano Huck seria positiva “porque precisa arejar, botar em perigo a política tradicional, mesmo que seja do meu partido”. “Gosto dele, sou amigo dele e de sua família. Acho que para o Brasil seria bom, mas não sei o que ele vai fazer”, declarou o ex-presidente.

FHC rebate as críticas enumerando outros políticos, de outros partidos, com que se reuniu recentemente. “Não é só com o Luciano Huck, eu falo com muita gente. Por exemplo, eu recebi recentemente o governador do Espírito Santo, que é meu amigo e é do PMDB. Estive com Rodrigo Maia e por aí vai. Eu acho que a democracia exige que você tenha uma relação aberta com os outros. Jantei com Fernando Haddad, que foi prefeito de São Paulo e é do PT. Então quer dizer que estou apoiando Haddad? Não, quer dizer que somos civilizados e trocamos ideias a respeito do país”, afirmou.

O tucano reforçou que Alckmin será o nome defendido por ele durante a corrida eleitoral. “Quando Geraldo Alckmin foi designado para ser presidente do PSDB, eu apoiei. Eu sabia e não sou uma pessoa ingênua, que isso seria uma pré-condição para ele ser candidato. Então, eu apoiei com consciência isso. Claro que eu apoio Geraldo”, concluiu Fernando Henrique Cardoso.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Norberto Oliver

    Capitão Aczibe Norberto.
    Esse pessoal na realidade teria ou tem que enfrentar um tribunal militar e serem JULGADOS como traidores da pátria, vendeu tudo o que o Brasil tinha, e faz parte do foro de São Paulo.
    CADEIA COMO VENDILHOES DA PÁTRIA.

    Curtir

  2. Silvano Oliveira

    Isto é uma piada não é mesmo?O que o tal do Luciano entende de política.

    Curtir