Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Governo de Eduardo Paes mantém filha de ministro em cargo comissionado

Stephanie Pazuello, filha de Eduardo Pazuello, que já trabalhava na administração de Marcelo Crivella trocou de função, mas permanece na Secretaria de Saúde

Por Nonato Viegas 2 jan 2021, 20h28

A filha de Eduardo Pazuello, ministro da Saúde, Stephanie dos Santos Pazuello, vai ocupar um cargo de confiança na Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro na administração de Eduardo Paes, que tomou posse nessa sexta-feira, 1º de janeiro. Sua nomeação foi publicada na edição deste sábado, 2, do Diário Oficial do Município do Rio e é retroativa ao dia anterior. Stephanie terá cargo de assistente e seu salário é de 1.884 reais. As gratificações podem aumentar o valor.

Antes de ir para a Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro, a filha do ministro ocupava, na administração de Marcelo Crivella, ex-prefeito derrotado nas eleições de novembro, um cargo na Diretoria de Gestão de Pessoas da Empresa Pública de Saúde do Rio de Janeiro S.A, a Rio Saúde, uma autarquia municipal. Na ocasião, a empresa afirmou que Stephanie é formada em Administração e tinha experiência em gestão de pessoas, recrutamento e processos admissionais. Seu salário, no cargo, era de 7.171 reais.

  • Ao tomar posse, o secretário Daniel Soranz, disse que a filha de Pazuello está “só mudando de posição” para trabalhar em seu gabinete. Soranz não explicou os motivos da troca de função. Segundo ele, Stephanie já trabalhava na Saúde do município, “no RH da Rio Saúde”, e que, agora, com ele, vai assessorar “na organização dos projetos especiais”. “Já era uma profissional da rede, já tinha matrícula, só está mudando de posição”, afirmou. “Ela é filha do ministro Pazuello, claro. Mas são os ônus e os bônus de ser filha do ministro”.

    Publicidade