Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Genoino – agora – também quer cumprir pena em Brasília

Mensaleiros avaliam que a penitenciária de Brasília tem melhores condições

Por Laryssa Borges 27 nov 2013, 17h53

Depois de receber o segundo laudo médico atestando que não apresenta “cardiopatia grave”, o ex-presidente do PT José Genoino correu para apresentar uma solicitação ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo para cumprir sua pena em Brasília. Os advogados dos petistas haviam solicitado a transferência para São Paulo, onde tem domicílio.

No Distrito Federal, o sistema prisional é administrado pelo governador Agnelo Queiroz, do PT. A avaliação de advogados dos petistas condenados é que o Complexo Penitenciário da Papuda tem instalações boas e não há histórico de rebeliões. Além disso, fica próximo do Congresso Nacional, o que facilita a visita de políticos e amigos. José Dirceu e Delúbio Soares, também presos na Papuda, já disseram que pretendem permanecer no DF.

Desde o último domingo, Genoino está em prisão domiciliar provisória na casa de sua filha, em Brasília. Ele foi autorizado pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, a se tratar em um hospital ou em casa até que a junta médica se pronunciasse sobre seu estado de saúde, o que ocorreu ontem. Para os cardiologistas, Genoino não tem necessidade de prisão domiciliar. Com isso, ele deverá retornar para a Papuda nos próximos dias por determinação do STF.

Além de Genoino, também já avaliam pedir para cumprir pena em Brasília os ex-banqueiros Kátia Rabello e José Roberto Salgado, o operador do mensalão, Marcos Valério, e a ex-funcionária dele Simone Vasconcelos. Até esta quarta-feira apenas o publicitário Cristiano Paz havia desistido do pedido de transferência para Belo Horizonte.

Leia também:

Médicos da Câmara descartam aposentadoria a Genoino

Continua após a publicidade

Câmara atropela STF e faz perícia para aposentar Genoino

Enquete: O mandato de José Genoino será cassado pela Câmara?

Radar on-line: Mensaleiros não têm queixas da Papuda

No documento encaminhado hoje ao STF, Genoino afirma ainda esperar que a Justiça lhe conceda prisão domiciliar. Se isso acontecer, o mensaleiro pede autorização para cumprir a pena em sua casa, no bairro do Butantã, em São Paulo.

Continua após a publicidade
Publicidade