Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Datena deve oficializar filiação ao MDB nesta quarta-feira

Apresentador é cotado para ser o representante do bolsonarismo na corrida pela prefeitura de São Paulo

Por Mariana Zylberkan 2 mar 2020, 11h59

O apresentador de TV José Luiz Datena deve oficializar sua filiação ao MDB nesta quarta-feira 4, quando vai se reunir com o presidente do partido, o deputado federal Baleia Rossi, em Brasília.

Uma vez filiado, Datena dá um passo importante em direção a projeto político que vem sendo engendrado desde o meio do ano passado: representar o bolsonarismo nas eleições para a prefeitura de São Paulo.

No encontro desta quarta, será também discutida a proposta do apresentador de se posicionar como vice-prefeito na chapa de Bruno Covas (PSDB), que concorre à reeleição. A proximidade do atual prefeito ao produtor Alê Youssef, secretário municipal de cultura, é vista como um empecilho à concretização da ideia. Alinhado a setores da esquerda, Youssef organizou na cidade em janeiro um festival com obras censuradas pelo governo Bolsonaro.

A aproximação entre Bruno Covas e Datena se deu nos corredores do hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde os dois estiveram internados recentemente. Covas se trata de um câncer no sistema digestivo e Datena se recupera de uma cirurgia cardíaca.

Apesar de demonstrar sua predileção por concorrer a uma vaga no Senado, Datena tem se inclinado a disputar o cargo municipal graças a uma articulação arquitetada na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), na Avenida Paulista, pelo presidente da entidade, Paulo Skaf, filiado ao MDB. De olho em uma vaga para disputar as eleições para governador do estado de São Paulo em 2022, Skaf aproximou Datena do projeto político do presidente Bolsonaro para fortalecer a aliança na maior capital do país.

Continua após a publicidade
Publicidade