Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Aécio lamenta perda de Campos: ‘Minha admiração por ele não termina’

Presidenciável tucano cancela agenda de campanha por tempo indeterminado. 'Precisamos nos recuperar', afirmou

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, fez um breve pronunciamento nesta quarta-feira sobre a morte de Eduardo Campos, candidato do PSB ao Planalto, vítima de um acidente aéreo em Santos, no litoral paulista. “Convivi por mais de vinte anos com Eduardo e tenho por ele uma admiração que não terminará com sua morte trágica”, afirmou o tucano. Aécio afirmou que sua agenda de campanha está suspensa “para que possamos nos recuperar” e que não há data prevista para retomar as atividades eleitorais.

Leia também:

Reinaldo Azevedo: A morte de Campos e o futuro

Radar: Assessores do PSB informaram governo

Governador: ‘Uma tragédia’, diz Geraldo Alckmin

Perfil: Herdeiro de Arraes queria liderar oposição

Emocionado, o tucano disse ainda que Campos fará uma falta imensa na política nacional. “O fato de sermos de partidos diferentes nunca nos impediu de conversar”, afirmou. “Guardarei com muito carinho a mensagem dele que recebi no Dia dos Pais, me cumprimentando pela chegada do meu filho Bernardo à minha casa”, lembrou Aécio.

Leia também:

Redes Sociais: Personalidades lamentam tragédia

Congresso: Câmara presta tributo a Campos na 3ª

VEJA SP: ‘Avião caiu no meu quintal’, diz psicóloga

Repercussão: Imprensa mundial destaca acidente

O presidenciável do PSDB afirmou também que, assim que soube da tragédia, pensou em Renata, mulher de Campos, e nos cinco filhos do casal. “Eduardo tinha uma família linda”, afirmou. “Trata-se de uma perda enorme para a política brasileira, mas sua família é que precisa das nossas orações, da nossa força”, completou.