Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

À Economist, Temer diz que prefere ser impopular a populista

À publicação britânica, presidente citou a si mesmo como um "claro exemplo de aposentadoria precoce" ao defender a reforma da Previdência

Por Da Redação Atualizado em 10 mar 2017, 16h52 - Publicado em 9 mar 2017, 22h32

O presidente da República, Michel Temer (PMDB), afirmou, em entrevista à revista britânica The Economist, que prefere “ser impopular a populista”. Esta é a primeira entrevista de Temer à publicação que já fez matérias sobre o boom econômico brasileiro em 2009, a crise financeira do ano passado e críticas à ex-presidente Dilma Rousseff.

A entrevista foi feita no último sábado no Palácio do Planalto, mas só foi publicada nesta quinta-feira. À revista, Temer diz que pretende entregar em 2019 um país “de volta aos eixos” com base nas reformas que visa aprovar no Congresso, onde tem uma “base extremamente sólida”, diz.

Para defender as mudanças nas regras da Previdência, o presidente cita a si mesmo como um “claro exemplo de aposentadoria precoce”. Atualmente com 76 anos, Temer se aposentou aos 55, sendo que a proposta de reforma enviada pelo governo ao Congresso estabelece idade mínima de 65 anos.

Na entrevista, o presidente também critica o excesso de siglas representadas no Legislativo, dizendo que o “Brasil não tem partido, só acrônimos”. Comenta sobre a frase “Fora Temer”, pintada em um viaduto visível no caminho que ele faz da residência oficial ao seu escritório, como “uma prova da vitalidade da democracia”; e passa a impressão de “ser o maior fã da Lava Jato, apesar de os eleitores suspeitarem que ele deseja mesmo frustrar as investigações”, diz a publicação.

 

 

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)