O dólar a R$ 4,20

Thomas Traumann analisa as causas que levaram a moeda americana a um valor maior do que o esperado

Por Da Redação - Atualizado em 19 nov 2019, 18h52 - Publicado em 19 nov 2019, 18h43

O dólar passou de R$ 4,20 nesta semana, a maior cotação nominal da história. E o que foi que aconteceu? São várias explicações. A mais óbvia foi o fracasso do leilão de exploração de áreas do pré-sal no início de novembro.

Outro motivo é a queda nos juros. A diferença das taxas no Brasil para as taxas internacionais ficou muito baixa e, para algumas empresas, começou a valer a pena pagar suas dívidas internacionais. Houve ainda um fator geopolítico, com as crises no Chile, na Bolívia e na Venezuela, além do temor do governo peronista na Argentina. Quando há uma instabilidade regional, quem está de fora fica preocupado e tira dinheiro do país.

Mas existe um ponto fundamental. O governo Bolsonaro. O presidente só sabe brigar e não produz consenso.

Entenda neste episódio do podcast Traumann Traduz

Publicidade