Clique e assine a partir de 9,90/mês
Publicidade

Notícias sobre Reforma da Previdência

O Senado aprovou na quarta-feira os últimos destaques que faltavam para a reforma
Senador Eduardo Gomes (MDB-TO) afirmou a VEJA que aprovação da reforma da Previdência dá capital político para que governo avance com agenda reformista
plenario-senado-previdencia
Economia

Os próximos passos da equipe econômica após a reforma da Previdência

Por Machado da Costa, Victor Irajá - Atualizado em 25 Oct 2019, 11h01 - Publicado em 25 Oct 2019, 07h00
Aprovação do novo regime quebra cultura de privilégios e cria bases para a racionalização dos gastos públicos, abrindo caminho à retomada do desenvolvimento
CAMARA-DEPUTADOS-PSL-LIVE-2019
Revista VEJA

Carta ao Leitor: O pequeno e o grande

Por Da Redação - Atualizado em 25 Oct 2019, 10h29 - Publicado em 25 Oct 2019, 07h00
Entre tantos debates sem nenhuma relevância, Brasília finalmente produziu algo notável: a aprovação da reforma da Previdência
Valor é bem abaixo do R$ 1,2 trilhão desejado pela equipe econômica em fevereiro e mais modesto do que os R$ 800 bilhões projetados pelo governo agora
Comunicado do secretário-geral da mesa do Senado condiciona assinatura à aprovação do projeto de lei negociado pelo governo com o PT
Dívida
Economia

Entenda como funciona a previdência privada

Por Larissa Quintino - Atualizado em 24 Oct 2019, 09h41 - Publicado em 23 Oct 2019, 15h00
Investimento de longo prazo é voltado para quem quer complementar a renda da aposentadoria e independente do sistema público
Texto deverá ser votado depois da aprovação da reforma da Previdência no Senado e irá para a Câmara dos Deputados
Presidente celebrou a aprovação da Previdência e quer acelerar os próximos passos
Plenário do Senado
Economia

Com risco de alteração, Senado adia a votação de destaques da Previdência

Por Larissa Quintino - Atualizado em 22 Oct 2019, 21h19 - Publicado em 22 Oct 2019, 21h18
Proposta de retirar da PEC a proibição de aposentadoria especial para trabalhadores sob periculosidade fez com que a mesa diretora cancelasse votação
Plenário do Senado
Economia

Confira as novas regras da Previdência aprovadas pelo Senado

Por da Redação - Atualizado em 22 Oct 2019, 20h31 - Publicado em 22 Oct 2019, 19h49
Normas entrarão em vigor após promulgação pelo Congresso, em sessão a ser convocada pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre
Plenário do Senado
Economia

Senado aprova texto-base da Previdência em 2º turno

Por da Redação - Atualizado em 22 Oct 2019, 20h48 - Publicado em 22 Oct 2019, 19h22
Proposta passou por 60 votos favoráveis a 19 contrários; agora, plenário vota nesta quarta-feira dois destaques, sendo um deles sobre periculosidade
Proposta de alteração do sistema de reserva aumenta tempo de serviço de 30 para 35 anos; policiais militares e bombeiros devem ser incluídos no projeto
Ato Contra a Reforma da Previdência no RJ
Economia

Gasto com aposentadoria de servidor é 13 vezes maior que do setor privado

Por Victor Irajá - Atualizado em 23 Oct 2019, 21h05 - Publicado em 22 Oct 2019, 17h03
Economia per capita prevista pelo Ministério da Economia é de R$ 114,1 mil com os funcionários públicos, contra R$ 8,7 mil da iniciativa privada
Tasso Jereissati
Economia

Em votação simbólica, CCJ do Senado aprova reforma da Previdência

Por Da Redação - Atualizado em 22 Oct 2019, 12h10 - Publicado em 22 Oct 2019, 12h09
Relator do texto na Casa, Tasso Jereissati (PSDB-CE) acolheu duas emendas; proposta segue para o plenário
Fixação da idade mínima, mudança no cálculo de contribuição e regras de transição para quem já está contribuindo estão entre as principais alterações
O empregado que está próximo de cumprir requisitos para se aposentar poderá escolher a que considerar mais vantajosa
Reforma da Previdência Social/INSS
Economia

Veja como contar quanto tempo falta para você se aposentar

Por Larissa Quintino - Atualizado em 21 Oct 2019, 16h49 - Publicado em 21 Oct 2019, 13h30
Segurado do INSS pode conferir quanto tempo de contribuição tem pelo CNIS, o extrato previdenciário; informação é fundamental para se planejar
Sessentões e trabalhadores com mais tempo de carteira assinada podem ter o chamado direito adquirido e, por isso, não seriam afetados pelas mudanças
Publicidade