Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Publicidade

Notícias sobre Analfabetismo

Por que não utilizar as evidências robustas na área de Educação, em vez de acenar para soluções genéricas, para "modelos" sem comprovação?
O país não tem uma política da alfabetização. Estados, municípios, Faculdades e ONGs ainda hesitam em aceitar a evidência científica e suas implicações.
Programa Alfa e Beto na TV é resposta ao desafio de colocar no ar, em plena pandemia, 95 episódios de Língua Portuguesa (Alfabetização) e 95 de Matemática.
O programa Alfa e Beto na TV surge no contexto da pandemia. Ficará no ar, em canal aberto, entre o dia 26 outubro de 2020 e fevereiro de 2021.
O “establishment” educacional brasileiro tem uma cultura anti-científica, avessa a números e pouco familiarizada com o conceito de evidências.

Um estrago silencioso na educação 

Por Letícia Passos 16 ago 2019, 12h47
Os recentes cortes no orçamento do MEC afetarão um setor menos alardeado, mas fundamental: o ensino para quem não conseguiu finalizar a educação básica
Vocês, leitores têm o direito de escolher os parlamentares que merecem ser chamados de analfabetos por não saberem o abecê das letras e das contas
Uma das estratégias usadas para manter o status quo na discussão sobre alfabetização é tergiversar, ao invés de definir o conceito com clareza
Por que a imprensa não fica do lado das evidências incontroversas a respeito da superioridade do método fônico e de seu uso nos países desenvolvidos?
Dentre as metas para os primeiros 100 dias de governo, a única da área da educação trata de alfabetização. Vem polêmica por aí.
Métodos de alfabetização fazem diferença especialmente para alunos provenientes de lares com níveis de escolaridade e socioeconômicos mais baixos.
Área de alfabetização - vital para os avanços da educação em nosso país - é mais uma vítima da "guerra das evidências", usadas de maneira inadequada.
Chama atenção a porcentagem de adultos no nível proficiente de alfabetização no Brasil - apenas 12% -, apesar do aumento da taxa de escolaridade

Muitas décadas e poucos avanços

Por Bruna Motta 24 ago 2018, 07h00
Ao longo da história, o país conseguiu colocar quase todas as crianças na sala de aula, mas não venceu o desafio maior: oferecer ensino de qualidade

SobeDesce

Por Da Redação 10 ago 2018, 07h00
Lucro líquido do 'New York Times' subiu 51% no primeiro trimestre. No Brasil, taxa de analfabetos funcionais estagnou

Três em cada dez são analfabetos funcionais no país, mostra estudo

Por Da Redação Atualizado em 6 ago 2018, 11h34 - Publicado em 6 ago 2018, 11h06
Indicador mostra que taxa de brasileiros nessa situação está estagnada há dez anos
Número representa 7% da população com 15 anos ou mais
01m10s
play_circle_outline

O Brasil de Lula e Dilma não lê nem sabe contar

Por Da Redação Atualizado em 10 dez 2018, 14h24 - Publicado em 28 fev 2018, 16h43
A cabeça baldia e o neurônio solitário transformaram o país num viveiro de ignorantes em Leitura e Matemática
Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)