Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vice-presidente da Comissão Europeia visitará Brasil nesta semana

Bruxelas, 12 dez (EFE).- O vice-presidente da Comissão Europeia (CE) e responsável pela Indústria, Antonio Tajani, virá esta semana ao Brasil, acompanhado de 30 empresários europeus, em uma viagem na qual se reunirá com a presidente Dilma Rousseff e destacará a qualidade oferecida pelas companhias da União Europeia (UE).

‘A UE pode dar qualidade, não quantidade’, afirmou Tajani à imprensa, em referência aos negócios da China na América Latina.

O comissário ressaltou que a UE conta com empresas de ponta em alta tecnologia – um setor muito demandado pelo Brasil- que podem contribuir para o desenvolvimento sustentável da economia brasileira.

Tajani qualificou sua visita ao Brasil, a primeira de um titular europeu de Indústria em 15 anos, como uma ‘verdadeira diplomacia empresarial’ da União Europeia que abrirá caminho para outras viagens similares a países como Rússia e China.

A Comissão explicou que selecionou uma lista de empresas para a visita ‘equilibrada’ em nível geográfico (são representantes de 13 Estados-membros) e por setores (automação, alimentação, produtos químicos e farmacêuticos, construção, bens de luxo, energias renováveis, espaço e turismo).

Visitarão o país altos diretores de empresas como Telefónica América Latina, Rolls-Royce, Shell, Enel, Umicore e Louis Vuitton, assim como representantes da patronal da UE, Business Europe, e da associação europeia de Câmaras de Comércio e Indústria, EuroChambres.

As companhias participantes da missão empregam 1,3 milhões de pessoas e representam um faturamento de 645 bilhões de euros, enquanto as associações dos setores industriais somam mais de 23 milhões de empregos diretos e receita de mais de 3,6 trilhões de euros.

Tajani se reunirá na quinta-feira em Brasília com Dilma e vários ministros, além de representantes da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Na ocasião, o comissário assinará cinco memorandos de entendimento sobre cooperação entre pequenas e médias empresas, colaboração industrial para aumentar a competitividade, inovação, padronização e intercâmbio de cem jovens brasileiros e cem europeus para estágios em empresas da outra região durante seis meses, a partir de setembro de 2012.

Na sexta-feira, já em São Paulo, Tajani se encontrará com representantes das empresas europeias estabelecidas no país e organizará um seminário sobre a internacionalização de pequenas e médias empresas, com o foco voltado para a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

Já sem a companhia dos empresários, Tajani viajará em seguida para a Argentina, onde se reunirá com a presidente, Cristina Fernández de Kirchner, quando assinará mais acordos e substituirá o presidente da Comissão, José Manuel Durão Barroso, na cúpula do Mercosul do dia 20 de dezembro, em Montevidéu. EFE