Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

‘Verdadeiro monstro’, furacão Dorian evolui para categoria 3

Tempestade ganha força na medida em que se aproxima da costa americana, que deve alcançar com ventos de mais de 209 km/h

Por Da Redação Atualizado em 30 ago 2019, 18h01 - Publicado em 30 ago 2019, 17h09

Classificado como um “verdadeiro monstro” pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, o furacão Dorian continua a ganhar força na medida em que se aproxima da Flórida. Nesta sexta-feira, 30, a tempestade tropical foi classificada como de categoria 3, com ventos de 177 a 208 km/h. A expectativa é que alcance a costa americana na segunda-feira, 2, com ventos acima dos 209km/h e, portanto, na categoria 4.

“Agora ela está parecendo um verdadeiro monstro”, disse Trump, em vídeo publicado no Twitter, acrescentando que alimentos e água estão sendo enviados à Flórida.

O Centro Nacional de Furacões (NHC), sediado em Miami, emitiu um alerta para o noroeste das Bahamas nesta sexta-feira e disse que o risco de “ventos devastadores com a força de um furacão ao longo da costa leste no final deste final de semana e no início da próxima semana continua a aumentar”.

Meteorologistas preveem que a tempestade ficará mais feroz na medida em que seu avanço seja freado pelas águas quentes do litoral americano, chegando na terra firme durante a noite de segunda-feira ou na manhã de terça-feira.

Continua após a publicidade

Ventos de tempestade tropical poderão ser sentidos na Flórida já na noite de sábado, 31. Todo o estado está sob declaração de emergência, e 4.000 soldados da Guarda Nacional estão de prontidão.

Trajetória e intensidade do furacão Dorian: força crescente – 30/08/2019 National Hurricane Center/Reprodução

O furacão Dorian passou pelas Ilhas Virgens Americanas e Porto Rico sem provocar nenhuma morte ou prejuízo, porém, ele acertou essas ilhas com ventos mais lentos do que está previsto para a Flórida e Bahamas.

Ela pode seguir terra adentro rumo a Orlando, na terça-feira ou na manhã de quarta-feira, enfraquecendo na medida em que se distancie do mar. Outros modelos meteorológicos do NHC a mostram seguindo para o sul, na direção de Miami, antes de atingir a península, ou seguindo para o norte no rumo do litoral da Geórgia.

(Com Reuters)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês