Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Van atinge pedestres no centro de Londres

Pelo menos 20 pessoas foram feridas e encaminhadas a seis hospitais na capital inglesa

Três incidentes – palavra usada pelas autoridades de segurança – abalaram Londres no início da noite deste sábado. O primeiro a ser noticiado pelas agências internacionais foi o atropelamento de pedestres na London Bridge neste sábado. Uma van, de acordo com relatos de testemunhas, acelerou sobre as pessoas. Poucos minutos depois, a polícia local informou, em sua conta no Twitter, outro fato ocorrido na área do Borough Market, uma espécie de centro de produtos alimentícios e lazer, também muito frequentado por turistas. O terceiro fato aconteceu no bairro de Vauxhall, sul da cidade, onde um homem foi preso. A polícia ainda está na região que abrange esses três pontos e já confirmou dois mortosOs fatos ocorridos na ponte e no mercado estão confirmados pelas autoridades inglesas como ataques terroristas. A última informação dada pela polícia é de que o terceiro evento não teria relação com os anteriores. Pelo menos 20 pessoas foram feridas. Elas foram encaminhados a seis hospitais na capital inglesa

Na área da London Bridge, as rotas de ônibus e o tráfego de veículos foram desviados e as estações de metrô e trem foram fechadas. Segundo o site do jornal The Telegraph, três homens desceram da van e esfaquearam pedestres. Entre as primeiras informações dadas pela rede britânica BBC, havia o depoimento da repórter Holly Jones, da BBC, que estava passando pela na London Bridge no momento do ocorrido. Jones disse que o veículo era dirigido por um homem e vinha a 86 quilômetros por hora. A van subiu na calçada e atingiu cinco pessoas. Jones também contou que viu um homem ser preso pela polícia.

A primeira-ministra Theresa May declarou que os incidentes estão sendo tratados como um “potencial ato de terrorismo”. May também agradeceu a polícia londrina e os serviços de emergências pela rápida resposta aos incidentes.

Londres alvo – No dia 22 de março, Khalid Massoud jogou seu carro conta pedestres na ponte de Westminster, ao lado do parlamento britânico. Ele matou quatro pessoas e machucou outras cinqüenta. Dois meses depois, uma bomba explodiu em Manchester, após a apresentação da cantora pop Ariana Grande. Morreram 22 pessoas.

O que sabemos até agora:

  • A polícia de Londres responde ao chamado de três incidentes na cidade
  • Eles aconteceram na London Bridge, no Borough Market (que fica bem próximo à ponte) e na região de Vauxhall, onde está localizado o MI6, o serviço britânico de inteligência
  • O primeiro incidente se deu quando uma van a 80 quilômetros por hora atingiu um grupo de pessoas na London Bridge
  • Testemunhas dizem que a van subiu na calçada e foram ouvidos tiros no local
  • O segundo incidente ocorreu em Bourough Market, onde pessoas foram esfaqueadas aleatoriamente por homens trajando máscaras
  • Há duas pessoas mortas nos incidentes – não se sabe onde as vítimas estavam
  • O terceiro incidente se deu em Vauxhall
  • A polícia londrina está pedindo para as pessoas evitarem esses locais
  • Pelas redes sociais, os moradores de Londres estão oferecendo refeição e leitos para que os moradores das regiões afetadas – e que foram interditadas pela polícia – possam descansar
  • A Primeira Ministra Theresa May admitiu que os fatos são ataques de terrorismo em potencial
  • Pelo Twitter, Donald Trump pede medidas duras contra os imigrantes
Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Nao concordo Ludwig, a frase esta corretissima. A van foi o que ocasionou o acidente, nao interessa se estava sendo dirigida por alguem ou nao. Um asteroide entra na atmosfera terrestre- naoo precisa de alguem estar dirigindo o asteroide. Objetos nao precisam necessariamente ser manuseados por alguem para se fazer uma acao. Corretissima a VEJA, errado esta voce.

    Curtir

  2. João Alves Araújo Filho

    Qual o nome do Mohammed que dirigia a Van?
    E quando o Império vai “Strikes Back”?
    Que falta faz um Winston Churchill!

    Curtir

  3. Maurício Cavalieri Machado

    Fui censurado?

    Curtir

  4. Grappa Fellini

    Enquanto o próximo Mohamed não atropela ou explode mais europeus, os ingleses poderiam fazer um concerto com flores amarelas ao som de imagine, enquanto sopram bolhas de sabão pela paz no mundo. Que falta fazem os homens do ocidente… Foram, em sua maioria, efeminados pela doutrinação esquerdista, que sequer permite que meninos brinquem com armas de brinquedo.

    Curtir

  5. Maurício Cavalieri Machado

    Fui. Devem ter um filtro por palavras. Interessante. Esperemos, quem sabe ainda aparece. Só verdades. Nada ofensivo ou obsceno.

    Curtir

  6. Carlos Aurélio

    CAros, vocês têm conhecimento dos crimes perpetrados pelos ocidentais?

    Curtir

  7. Carlos Aurélio

    Leiam mais História. Entrem em contato com as atrocidades cometidas pelo ocidente.

    Curtir

  8. Alberto Lopes Lapolli

    Quanto mais se busca segurança mais estaremos sem Ela..onde o odio persiste a dor existe

    Curtir

  9. Hugo Desmascarador

    Parabéns esquerdistas e jornalistas que vivem numa bolha do politicamente correto. Na conta de vocês que chamam os anti-imigrantes de preconceituosos!!! Mas é só esquecer né? Afinal não foi com a família de vocês……

    Curtir

  10. Verdade a Van que causou o acidente, ela é prima do optmus prime, o nome de e van pra p.q.p.

    Curtir