Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Um dos principais opositores sírios é libertado sob fiança (advogado)

Por - 12 out 2011, 11h33

As autoridades sírias aceitaram libertar sob pagamento de fiança Walid al-Buni, um dos principais opositores ao regime do presidente sírio, Bashar al-Assad, detido há mais de três meses, anunciou nesta quarta-feira seu advogado Michel Chammas à AFP.

“A corte de apelações da região de Damasco decidiu nesta quarta-feira pôr em liberdade o opositor Walid al-Buni em troca de uma fiança de 1.150 liras sírias (23 dólares). Ele depois será julgado por incitação a manifestações (contra o regime) e incitação à divisão confessional”, disse Chammas.

Médico de formação, de 47 anos, Buni foi um dos principais nomes da “Primavera de Damasco”, um período de debates e esperança de liberalização que ocorrido após a chegada de Assad ao poder em 2000.

Este opositor foi desde então detido e condenado várias vezes.

Mais de 2.900 pessoas morreram na Síria desde o começo de um movimento de contestação ao regime em meados de março, segundo a ONU.

Continua após a publicidade

Publicidade