Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Trump proíbe palavras como ‘transgênero’ e ‘feto’ no orçamento

O principal órgão de saúde dos EUA recebeu um índex com termos proibidos para o orçamento de 2018

O governo de Donald Trump proibiu a administração pública de utilizar uma lista de palavras e frases em documentos oficiais que devem integrar o orçamento de 2018. As informações são do Washington Post.

O jornal conversou com funcionários do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) — principal órgão de saúde dos Estados Unidos –, que afirmaram ter sido orientados a não utilizar sete expressões: “vulnerável“, “direito“, “transgênero“, “feto“, “baseado em evidências“, “baseado em ciência” e “diversidade“.

O orçamento, que deve ser publicado em fevereiro, é um reflexo das prioridades do governo. Nos Estados Unidos, a interpretação é de que o banimento da palavra “transgênero” em documentos oficiais pode sinalizar um empecilho para a continuidade de uma série de programas de prevenção e tratamento de doenças como Aids e hepatite viral voltados para a população trans. Pesquisas sobre a ação de vírus como o zika em fetos, por exemplo, também podem ser travadas.

Segundo analistas dos CDCs entrevistados pelo Washington Post, essa é a primeira vez que um governo impõe um índex de palavras ao órgão. Em março, o site do Departamento de Saúde e Serviços Humanos, que abriga o CDC, retirou do ar uma página informativa sobre serviços públicos para a população LGBT que continha informações sobre adoção.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. celso figueiredo de miranda silva

    Um Trump cada vez melhor.

    Curtir