Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Trump cresce e Hillary desacelera em campanha eleitoral americana

O magnata falastrão lidera entre os republicanos com 27% das intenções de voto; Bush aparece em terceiro. Entre os democratas, Hillary caiu 10 pontos, mas ainda lidera

O magnata Donald Trump tem reforçado sua liderança entre os republicanos, enquanto Hillary Clinton, favorita entre os democratas, patina na corrida presidencial dos Estados Unidos, de acordo com uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira, feita pela Universidade Quinnipiac. Trump lidera com 27% das intenções de votos entre os republicanos, sete pontos a mais que o registrado na pesquisa realizada em julho. Ele é seguido pelo neurocirurgião Ben Carson (13%) e pelo ex-governador da Flórida Jeb Bush, (8%).

“Outros candidatos do Partido Republicano parecem que vão desaparecer. Trump demonstra que não precisa ser amado para ser um líder”, afirmou o vice-diretor das pesquisas de Universidade Quinnipiac, Tim Malloy. O estilo abrasivo de Trump, incluindo a sua crítica cáustica e aberta aos rivais, levou alguns observadores a dizer que ele não tinha o temperamento para ser presidente. No entanto, ele tem praticamente dominado a corrida desde que anunciou sua candidatura em junho passado.

Leia também

Ricky Martin sobre Trump: ‘Só fala barbaridades e mentiras’

Donald Trump expulsa jornalista latino de entrevista coletiva

Jeb Bush: Construir muro na fronteira dos EUA com o México “não é realista”

Do lado democrata, a ex-secretária de Estado Hillary Clinton caiu 10 pontos desde a pesquisa de julho, registrando 45%, enquanto o senador Bernie Sanders tem 22%. O vice-presidente Joe Biden, que não anunciou oficialmente sua candidatura, aparece com 18%, mas “é o mais atraente em uma eleição geral em comparação com os republicanos mais bem posicionados”, segundo Malloy. Biden venceria Trump por uma margem de oito pontos, a Bush por seis pontos e Rubio por três pontos. Hillary também os venceria, mas por uma margem menor: quatro pontos, dois pontos e um ponto, respectivamente.

Apesar da liderança de Trump no campo republicano, o magnata é o que registra a maior taxa de rejeição, com 36%. Bush também está mal posicionado neste quesito, com 32%. Já a democrata Hillary tem a pior margem de rejeição até agora: 39%. De acordo com a sondagem, Trump e Hillary são percebidos pelos americanos como os candidatos menos honestos e confiáveis.

(Da redação)