Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Três prefeitos são assassinados em menos de 15 dias no México

Desde 2006, a guerra contra o narcotráfico já vitimou 41 prefeitos em função, sete eleitos e 32 ex-prefeitos no país

Um prefeito mexicano foi assassinado a tiros na noite de segunda-feira, sendo o terceiro chefe municipal morto no país em menos de 15 dias. O corpo de José Santamaría Zavala, prefeito de Huehuetlan El Grande, no Estado de Puebla, foi encontrado junto ao carro que dirigia. A polícia investiga se o crime foi uma tentativa de assalto, mas não descarta outras hipóteses.

LEIA TAMBÉM:
Peña Nieto propõe diálogo com futuro presidente dos EUA

O prefeito Domingo López, do turístico povoado indígena de San Juan Chamula, em Chiapas, também foi morto a balas por uma multidão de manifestantes, e o prefeito de Pungabarato Ambrosio Soto foi morto no violento Estado de Guerrero, no sul do país, depois de sofrer ameaças do crime organizado.

Desde 2006, quando começou a chamada guerra contra o narcotráfico do ex-presidente Felipe Calderón, 41 prefeitos em função, sete eleitos e 32 ex-prefeitos foram assassinados no México, segundo a Associação Nacional de Prefeitos do México (ANAC).

(Com AFP)