Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Trem de alta velocidade atropela e mata 13 na Espanha

Jovens tentavam cruzar os trilhos da estação de Castelldefels Playa

Outras 14 pessoas ficaram feridas no acidente, três em estado grave

Um trem de alta velocidade atingiu um grupo de aproximadamente 30 jovens que cruzava os trilhos em uma estação de Castelldefels Playa, próxima a Barcelona, na última quarta-feira à noite. Mas, as informações foram divulgadas no dia seguinte ao acidente. Ao menos 13 pessoas morreram e 14 ficaram feridas – dessas, 10 continuam internadas em diferentes hospitais da Catalunha, três em estado grave. Entre os mortos, foram identificados colombianos, bolivianos e equatorianos.

Em vez de sair da estação por uma passagem subterrânea para pedestres, o grupo deciciu atravessar a ferrovia, segundo testemunhas. Em segundos, os jovens foram atropelados pelo trem que vinha em alta velocidade pois não pararia naquela estação. A maioria das vítimas participava da festa de São João, realizada todo dia 23 de junho na Catalunha.

O boliviano Marcelo Cardona descreveu a cena como “infernal”. Segundo ele, os jovens cruzaram os trilhos “em uma leva”, mas ele esperou a passagem do trem. “A euforia se converteu imediatamente em gritos. Havia gente mutilada, sangue em todas as partes na estação”, contou.

Um comunicado da polícia da Catalunha informou que 19 agentes forenses, 21 integrantes da polícia científica e 35 investigadores trabalham na identificação no Instituto Médico Legal de Ciudad de la Justicia, para onde foram levados os corpos. O cônsul do Equador na Espanha, Freddy Arellana, anunciou que seu país deverá enviar especialistas para colaborar na identificação dos corpos.

O ministro de Fomento, José Blanco, visitou a área do acidente e disse que tudo a leva a crer que a culpa foi do grupo. “Tudo faz pensar que o acidente se deveu à imprudência ao não utilizar a passagem subterrânea de uma estação que acabamos de reformar”, disse. A Renfe, empresa responsável pela administração da rede ferroviária, e as autoridades judiciais abriram suas respectivas investigações.

A empresa informou em comunicado que o trem circulava abaixo da velocidade permitida pelo regulamento e emitiu sinais acústicos antes de sua entrada na estação. A composição seguia de Alicante para Barcelona.

O acidente ferroviário é o pior na Espanha desde 2003, quando 19 pessoas morreram em uma colisão entre um trem de passageiros e um de carga.

(Com Reuters e Agência Estado)