Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Torre Eiffel reabre para visitantes com restrições de distanciamento

Monumento parisiense foi fechado por três meses, o período mais longo desde a II Guerra Mundial

Por Da Redação Atualizado em 25 jun 2020, 12h31 - Publicado em 25 jun 2020, 12h18

A Torre Eiffel voltou nesta quinta-feira, 25, a receber os turistas após ficar fechada por mais de três meses devido à pandemia de Covid-19. O monumento, porém, reabriu com restrições de distanciamento social e limitações de acesso.

No dia 13 de março, o símbolo parisiense foi fechado por tempo indeterminado. Hoje, e ao ritmo de uma pequena batucada, ele voltou às atividades, embora ainda parcialmente.

Por enquanto, até 30 de junho, só será possível acessar o segundo andar e subir as escadas, com uma rota fixa de subida e descida para evitar cruzamentos entre as pessoas. O uso de máscara é obrigatório a partir dos 11 anos de idade e há um número limitado de visitantes tanto na esplanada quanto no piso, onde também foram colocados sinais no chão para indicar a distância de segurança que deve ser respeitada.

Os elevadores que levam ao segundo andar estarão disponíveis novamente a partir de 1º de julho e, dependendo da situação de saúde, o acesso ao piso superior também será permitido durante o verão europeu.

Este foi o fechamento mais longo desde a II Guerra Mundial e a retomada se une à de outras atrações da capital francesa, como a do Museu de Orsay, que reabriu suas portas na última terça-feira, enquanto o Louvre abrirá no próximo 6 de julho.

  • Durante esse período, o monumento aproveitou seu simbolismo para se unir às demonstrações de solidariedade aos profissionais de saúde e às vítimas do novo coronavírus com a instalação, por exemplo, de um cartaz luminoso que enviava mensagens de apoio às pessoas afetadas.

    Continua após a publicidade
    Publicidade