Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Soldados tomam sangue de cobra em exercício militar na Tailândia

Combatentes dos Estados Unidos, Coreia do Sul e outros 27 países participam de exercícios que incluem comer aranhas e escorpiões

Um total de 29 países participam desde 13 de fevereiro de um exercício militar em que soldados comem animais venenosos e bebem sangue de cobra.  Chamado de Cobra Gold, o exercício militar acontece na província de Chonburi, na Tailândia, e já está na sua 37ª edição.

Este ano estão participando mais de 11.000 soldados de países como Estados Unidos, Coreia do Sul, Tailândia, Singapura, Indonésia, Japão, entre outros. Só os Estados Unidos enviaram 6.800 homens para o treinamento.

O objetivo é preparar os militares para situações extremas na selva, nas quais podem ficar sem alimento e água potável. Por isso, eles aprendem a comer animais venenosos como aranhas e escorpiões e ingerir sangue de cobra.

“Corremos o risco de sermos separados, especialmente na selva, e é crucial sabermos nos sustentar, então isso [o treinamento] é benéfico e necessário”, afirmou o Sargento Griffin da Marinha americana à Reuters.

“Saber onde encontrar água é a habilidade mais importante (para sobrevivência). Se não há água nos rios, árvores ou videiras, temos que confiar em nossa própria água, que é a nossa urina. Se não temos isso, então tiramos de animais. Podemos obter de qualquer animal, apenas para sobrevivência, não para ficar cheio”, explicou o instrutor militar tailandês Pairot Prasarnsai.

À agência um soldado afirmou que o sangue de cobra tem um gosto semelhante a peixe e pode ser o líquido mais saboroso a ser encontrado na selva.

O treinamento também visa melhorar a cooperação entre as tropas para atividades conjuntas como ajuda humanitária em caso de catástrofes.