Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sobe para 321 o número de mortos em atentados no Sri Lanka

Autoridades locais estimam o total de feridos em "mais de 500", mas não conseguem ainda precisar o número exato

O número de mortos na série de ataques no domingo de Páscoa no Sri Lanka, contra igrejas e hotéis de luxo, subiu para 321, enquanto os feridos permanecem em mais de 500, segundo a última apuração divulgada nesta terça-feira, 23, pelas autoridades locais em um dia de luto nacional no país.

O governo do Sri Lanka decretou estado de emergência desde a meia-noite (15h30, em Brasília) desta segunda-feira 22 em nome da “segurança pública”. As autoridades cingalesas anunciaram a detenção de 24 pessoas, mas não revelaram detalhes sobre nenhuma delas, e temem haver outros atentados em preparação.

Ao menos 31 estrangeiros – indianos, portugueses, turcos, britânicos, australianos, japoneses, quatro americanos, dinamarqueses e um francês – foram mortos nos atentados. Outros 14 continuam desaparecidos e podem estar entre as vítimas ainda não identificadas.

Entre os dinamarqueses estão três dos quatros filhos do bilionário Anders Holch Povlsen, dono do grupo de moda Bestseller e acionista majoritário da marca ASOS.

(Com EFE e AFP)