Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Sarkozy envia carta amistosa a Netanyahu após chamá-lo de mentiroso

Por Da Redação 13 nov 2011, 08h13

Jerusalém, 13 nov (EFE).- O presidente da França, Nicolas Sarkozy, enviou uma carta amistosa ao primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, dias após chamá-lo de ‘mentiroso’ em uma conversa privada com o presidente americano, Barack Obama, informa neste domingo o jornal ‘Yedioth Ahronoth’.

Enviada neste fim de semana, a carta é assinada pelo presidente francês com as palavras ‘Com amizade’, em um gesto pouco habitual no âmbito da diplomacia.

A carta, entregue a Netanyahu pelo embaixador francês em Tel Aviv, Christophe Bigot, contém um veemente texto contra o Irã, cujo programa nuclear é considerado por Israel como uma ameaça existencial.

Sarkozy acusa Teerã de disseminar mentiras como propaganda política e promete que Paris liderará os esforços de impor duras sanções na próxima reunião do Conselho de Governadores da Agência Internacional da Energia Atômica (AIEA).

No último dia 3, em uma conversa privada com Obama durante a Cúpula do G20 em Cannes, ouvida de forma imprevista pelos jornalistas, Sarkozy disse sobre Netanyahu: ‘Já não o suporto, é um mentiroso’. O líder americano respondeu: ‘Você está farto, mas eu tenho de lidar com ele todos os dias’. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade