Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Saiba como será a entrada de viajantes nos Estados Unidos

Segundo o governo americano, menores de 18 não precisam de vacina contra a Covid-19

Por Ernesto Neves Atualizado em 25 out 2021, 18h06 - Publicado em 25 out 2021, 16h45

O governo dos Estados Unidos divulgou nesta segunda-feira (25) as regras para permitir que o ingresso de viajantes internacionais no país a partir de 8 de novembro.

A partir da data, turistas completamente imunizados contra a Covid-19 poderão entrar nos Estados Unidos se provarem que estão vacinados e tenham teste negativo para a doença. 

O governo americano estabeleceu que menores de 18 anos não precisarão de vacina contra a Covid para entrar em solo americano. Quem tiver entre 2 e 17 anos, porém, terá de ser testado antes de embarcar para os EUA.

O exame deverá ser realizado em até três dias antes do embarque. As crianças e adolescentes que forem viajar na companhia de adultos vacinados também precisam seguir este prazo.

Caso não estejam na companhia de maiores vacinados, o exame deve ser feito 24 horas antes da viagem.

Continua após a publicidade

A Casa Branca também divulgou que aceitará a entrada de pessoas que tenham tomado duas doses de imunizantes diferentes.

Há, porém, uma condição: as vacinas precisam ser aprovadas pelos órgãos reguladores – a FDA, equivalente à Avisa, ou a Organização Mundial da Saúde (OMS). A regra contempla todas as vacinas aplicadas no Brasil.

Assim, quem tiver tomado uma dose da AstraZeneca e outra da Pfizer, por exemplo, está apto a viajar.

O comprovante de vacinação deverá ser apresentado antes do embarque. É possível baixá-lo através do aplicativo Conecte SUS, do Ministério da Saúde.

Esse certificado precisa conter o nome completo, o centro de aplicação da vacina, o nome da vacina, as doses administradas e as datas de aplicação.

O viajante só é considerado completamente imunizado após duas semanas da segunda dose ou da dose única de vacina, no caso da Janssen.

Continua após a publicidade

Publicidade