Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Tempestade recorde atinge 90 milhões nos Estados Unidos

Temporal deverá seguir para a Costa Leste ao longo da semana e mais de 90 milhões de americanos estão sob alerta de ventos e fortes chuvas

Por Da Redação Atualizado em 25 out 2021, 16h58 - Publicado em 25 out 2021, 16h50

A Costa Oeste dos Estados Unidos foi atingida no último final de semana pela maior tempestade já registrada na região, ocasionando fortes ventos e recorde de chuvas e neve. Na Califórnia, a pressão atmosférica atingiu nível semelhante à vista em um forte furacão, fazendo com que o temporal fosse o maior da história do noroeste do Oceano Pacífico. 

De acordo com especialistas, cerca de 90 milhões de americanos enfrentarão condições climáticas perigosas até a próxima quarta-feira, 27.

No centro de São Francisco, na Califórnia, choveu o equivalente a 105 mm em 24 horas, sendo o dia de outubro mais chuvoso da história da cidade. Ao longo de todo o mês, foram totalizados mais de 180 mm de chuva, a segunda maior marca para o mês já registrada. 

A capital Sacramento recebeu cerca de 140 mm de chuva no último domingo, 24, tornando o dia mais chuvoso da história do município. O volume de água surpreendeu ainda mais os especialistas pelo fato do estado ter enfrentado 212 dias de seca recentemente, o maior período que se tem registro, sendo encerrado em 18 de outubro.

Na manhã desta segunda-feira, 25, sete milhões de pessoas estão em alerta para fortes chuvas e 18 milhões para fortes ventos. É esperado que as chuvas continuem a cair em grande parte do estado com cerca de 25 mm por hora, aumentando o risco de inundações e deslizamentos de terra. Autoridades alertam ainda para a possibilidade de ventos de 110 km/h.

Apesar dos estragos, a tempestade tempestade fez com que o incêndio florestal Dixie, o maior já registrado na Califórnia, fosse totalmente controlado.

Do outro lado dos Estados Unidos, na Costa Leste, também é esperado ventos fortes e tempestades para o início da semana. Na madrugada deste domingo para segunda, o temporal que se dirigia do Pacífico para o Atlântico provocou prováveis tornados em alguns estados do centro do país. 

No Nordeste americano, seis milhões de pessoas estão sob alerta nesta segunda. Além disso, uma nova tempestade em formação na costa do Atlântico deverá causar taxas de precipitação que irão de 50 a 75 mm por hora e ventos fortes em todos os estados da região. 

A parte central dos Estados Unidos também estará em alerta até o meio da semana, com mais de oito milhões de pessoas sob o risco de fortes chuvas e tempestades de granizo.

Continua após a publicidade

Publicidade