Clique e assine a partir de 9,90/mês

Rússia registra mais curados do que novos casos de Covid-19 em 24 horas

Contudo, país também sofreu um recorde de mortes nas últimas 24 horas, com 135 óbitos segundo os dados do governo

Por Da Redação - 20 May 2020, 14h35

A Rússia registrou nesta quarta-feira, 20, pela primeira vez desde o início da pandemia da Covid-19 no país, mais recuperações do que novas infecções. Ao mesmo tempo, o país também sofreu um recorde de mortes nas últimas 24 horas, com 135 óbitos segundo dados oficiais.

“O número de pacientes que receberam alta em um dia após o tratamento do coronavírus na Rússia excedeu o número de (novos) casos”, disse o centro de controle da Covid-19 em seu relatório diário sobre a situação epidemiológica.

No total, 9.262 pessoas se recuperaram entre ontem e hoje, enquanto 8.764 novas infecções foram detectadas em 84 das 85 regiões russas, segundo as estatísticas. Desde o início da crise na Rússia, um total de 85.392 pessoas foram recuperadas da Covid-19.

Quanto a Moscou, epicentro da doença na Rússia, 2.699 novos casos confirmados foram registrados nas últimas 24 horas, enquanto um número recorde de 5.440 pessoas se recuperou, o que corresponde ao dobro do número de novas infecções.

Continua após a publicidade

No entanto, diante desse desenvolvimento positivo, 135 pessoas morreram nas últimas 24 horas na Rússia, o número mais alto desde o início da pandemia, segundo o centro de crise.

A Rússia, segundo país do mundo em número de infecções depois dos Estados Unidos, tem mais de 300.000 casos (308.705) e está perto de 3.000 mortes (2.972). Especialistas, contudo, temem que a contagem dos óbitos realizadas pelo governo esteja sendo manipulada.

Moscou tem um total de 152.306 casos do novo coronavírus e 1.726 mortes, depois de adicionar 75 mortes nas últimas 24 horas.

(Com EFE)

Publicidade