Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Robôs podem assumir 40% das tarefas domésticas na próxima década

Segundo relatório, automatização pode reduzir em 60% o tempo dedicado para tarefas como fazer compras no mercado, abrindo espaço para mais lazer

Por Da Redação
Atualizado em 23 fev 2023, 10h47 - Publicado em 23 fev 2023, 10h47

Lavar a louça, limpar a casa e ir ao supermercado comprar comida – tarefas domésticas consomem muito tempo na rotina cada vez mais agitada das pessoas. Porém, uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira, 23, apontou que, em uma década, pelo menos 40% desses afazeres podem ser feitos robôs.

O estudo consultou 65 especialistas em inteligência artificial (IA) no Reino Unido e no Japão. Segundo os cientistas, entre as tarefas domésticas que robôs podem assumir, fazer compras no mercado é a mais provável, enquanto cuidar de crianças ou idosos seria a menos impactada.

Segundo a pesquisa, pelo menos 39% das tarefas domésticas vão poder ser realizadas pelas máquinas nos próximos 10 anos. Isso pode reduzir o tempo gasto com compras de mantimentos em cerca de 60%, mas apenas 28% do trabalho de cuidado de crianças e idosos poderia ser automatizado. De qualquer forma, seria tempo extra que as pessoas poderiam gastar com lazer.

+ Ovni ou balão espião? Esfera misteriosa é encontrada em praia no Japão

A ajuda automatizada, diz a pesquisa, pode ainda ajudar a melhorar a igualdade de gênero, visto as tarefas não remuneradas ligadas ao lar costumam recair sobre as mulheres. No Reino Unido, elas costumam ter o dobro de trabalho em casa em relação aos homens, enquanto no Japão (os dois países pesquisados), eles fazem menos de um quinto das tarefas domésticas.

Continua após a publicidade

Os especialistas consultados, contudo, alertam que o custo elevado de robôs domésticos pode levar a um aumento da desigualdade no tempo livre e no lazer, de acordo com a renda. Outra preocupação é quanto à privacidade das pessoas: segundo o relatório, o aumento da automatização abre espaço para ciberataques generalizados.

+ Arqueólogos descobrem palácio de 4.500 anos no Iraque

Apesar do resultado otimista da pesquisa, cientistas já falam sobre o uso de robôs em tarefas domésticas há muitas décadas. A possibilidade de uma máquina ser capaz de todas essas atividades ainda parece indefinida, e é muito comparada à promessa dos “carros autônomos”. Resta ver se, desta vez, é para valer.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.