Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Premiê britânica se reúne com Angela Merkel após referendo

Em entrevista ao lado da chanceler alemã, Theresa May informou que as negociações para o Brexit não ocorrerão neste ano

No primeiro encontro com um líder da União Europeia (UE), a chanceler alemã Angela Merkel, a premiê britânica Theresa May afirmou nesta quarta-feira que as negociações para a saída do Reino Unido do bloco europeu não começarão até que “os objetivos estejam claros”.

“Todos nós precisamos de tempo para nos preparar para essas negociações”, disse May, em coletiva de imprensa ao lado de Merkel. “É por isso que eu já disse que isso [saída do Reino Unidos da UE] não vai acontecer neste ano.”

LEIA MAIS:
Theresa May, a “nova Dama de Ferro” do Reino Unido
Ao lado de Kerry, Johnson é pressionado a explicar insultos

Embora tenha afirmado que ninguém “nem os britânicos, nem os membros do bloco europeu” quer que o processo fique pendente, Merkel disse que o governo de Londres deve ter tempo para se preparar. “É do interesse de todos que este assunto seja cuidadosamente preparado, que as posições sejam claramente definidas e delineadas”, disse a chanceler.

Este é a primeira viagem oficial de May como nova líder britânica. Ainda nesta semana ela irá se encontrar com o presidente François Hollande também para debater, entre outros temas, o Brexit.

Theresa May é a segunda mulher na história do Reino Unido a se tornar chefe do governo britânico – a primeira foi Margaret Thatcher. Ministra de Interior desde 2010, May, de 59 anos, ocupa o cargo até 2020. Chamada de “nova Dama de Ferro”, em referência a Thatcher, e comparada com a alemã Merkel, May é conhecida por sua firmeza de convicções e por se posicionar a favor de que o Reino Unido permanecesse na UE, embora tenha ficado à margem do centro das atenções durante a campanha do referendo de 23 de junho.