Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia prende duas pessoas por uso de drones no espaço aéreo de Londres

Aeroporto de Gatwick ficou mais de um dia fechado por causa das aeronaves não-tripuladas

A polícia do condado de Sussex, na Inglaterra, prendeu duas pessoas, um homem e uma mulher, suspeitas de utilizarem drones no espaço aéreo de Londres, o que provocou o fechamento do aeroporto de Gatwick durante mais de um dia. Os agentes confirmaram as detenções na madrugada deste sábado, mas a investigação pelo uso “criminoso de drones” ainda continua. A corporação pede que qualquer informação relacionada ao assunto seja repassada às autoridades.

O segundo maior aeroporto do Reino Unido se manteve inoperante desde a noite de quarta-feira 19 até a manhã de sexta-feira 21. Além disso, fechou por meia hora na tarde de sexta após drones serem vistos perto da pista. De acordo com um porta-voz, a medida afetou cerca de 1.000 voos e 140.000 pessoas em datas de grande atividade no aeroporto devido à proximidade do Natal.

O Gatwick afirmou neste sábado em comunicado que os 757 voos programados para hoje, que transportarão 124.484 passageiros, devem operar com normalidade. No entanto, advertiu que é possível que ocorram “alguns atrasos e cancelamentos” enquanto o aeroporto tenta retomar as atividades depois de “três dias de alterações”.