Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Petroleiro afunda perto de Atenas e tripulante está desaparecido

Por Da Redação 5 mar 2012, 09h19

Atenas, 5 mar (EFE).- Um petroleiro de bandeira grega afundou nesta segunda-feira na Baía de Elefsina, perto de Atenas, com uma carga de 2 mil toneladas de combustível derivado de petróleo e gasóleo, e um de seus tripulantes continua desaparecido, informou à Agência Efe uma porta-voz da Marinha Mercante.

O navio, de bandeira grega e batizado de ‘Alpha 1’, transportava combustível do porto do Pireu a Elefsina, um trajeto de pouco mais de 10 milhas náuticas (aproximadamente 18 quilômetros), quando, por volta das 10h30 local (5h30 do horário Brasília), começou a afundar por razões desconhecidas.

Os navios da guarda-costeira foram mobilizados para o resgate, junto com várias embarcações particulares, e conseguiram tirar do mar dez dos 12 tripulantes do navio, enquanto um permanecia desaparecido, ‘provavelmente o capitão’, indicou o escritório da Marinha Mercante.

Segundo mostraram as redes de televisão gregas, apenas alguns metros do casco apareciam na superfície três horas depois, enquanto a embarcação continuava afundando lentamente em águas da baía, onde há uma grande refinaria de petróleo, fábricas e portos de carga.

A companhia que fretou o navio explicou que levava 1,8 mil toneladas de combustível derivado do petróleo e 235 toneladas de gasóleo.

‘Por enquanto não há indícios de contaminação marinha, nem de vazamentos de petróleo’, afirmou a porta-voz da Marinha Mercante. EFE

amu/mm

Continua após a publicidade
Publicidade