Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Para Pyongyang culpa é de Seul; EUA condenam ataque

Criticada pelos Estados Unidos e pela Rússia depois de um bombardeio contra uma ilha pertencente ao território da Coreia do Sul, a Coreia do Norte se defendeu das acusações nesta terça-feira dizendo que sua ofensiva, que matou ao menos dois soldados sul-coreanos, foi um revide. A posição do governo norte-coreano foi divulgada pela agência de notícias oficial KCNA.

Leia também:

Leia também: Japão, China e Rússia manifestam preocupação com possível conflito

“O inimigo sul-coreano, apesar das nossas reiteradas advertências, realizou provocações militares com disparos de artilharia contra nosso território marítimo ao lado da ilha de Yeonpyeong”, acusou o comando do exército norte-coreano em um comunicado divulgado pela KCNA. “O Exército norte-coreano pretende manter sem hesitação seus ataques militares se o inimigo sul-coreano se atrever a invadir nosso território.”

Leia também:

Leia também: Sul-coreano quer conduzir a situação com cuidado para evitar escalada