Clique e assine a partir de 9,90/mês

Paquistão prende 40 suspeitos de ligação com bin Laden

Paquistaneses dizem que é a 'segunda fase' da operação contra Al Qaeda

Por Da Redação - 6 Maio 2011, 13h44

Forças de segurança do Paquistão prenderam 40 pessoas suspeitas de estarem ligadas ao complexo residencial onde Osama bin Laden estava escondido, informaram fontes oficiais paquistanesas nesta sexta-feira, classificando a captura como a “segunda fase” da operação que matou o terrorista.

Participaram da ação o serviço interno de inteligência (ISI), a inteligência militar e a polícia da Abbottabad. Os investigadores ainda precisam comprovar se os detidos têm ligação com a Al Qaeda. Alguns deles foram capturados próximo à casa onde bin Laden ficou foragido durante cinco ou seis anos.

Infográfico: saiba como foi a missão dos soldados especiais americanos

A operação desta sexta-feira acontece depois que o país foi alvo de suspeitas na comunidade internacional. A principal dúvida é sobre a possível conivência de autoridades paquistanesas na permanência de bin Laden na casa onde ele ficou escondido. Os paquistaneses negam ter colaborado com ele.

Continua após a publicidade
Publicidade