Clique e assine a partir de 9,90/mês

Papa diz que sofre pela morte de inocentes no Iraque

Francisco expressou sua tristeza pelas vítimas dos conflitos pela retomada da cidade de Mosul, dominada pelo Estado Islâmico

Por Da redação - Atualizado em 23 out 2016, 10h31 - Publicado em 23 out 2016, 10h28

O Papa Francisco afirmou que a crueldade dos combates na cidade iraquiana de Mosul “faz todos chorarem e nos deixa sem palavras”. Dirigindo-se a um público de cerca de 50.000 fiéis reunidos neste domingo, o Papa afirmou que sofre pela “morte a sangue frio de numerosos filhos dessa abençoada terra, dentre os quais muitas crianças”.

Francisco expressou sua proximidade a pessoas do Iraque “nessas horas dramáticas”, dizendo que “nossas almas estão trêmulas pelos atos brutais de violência sendo cometidos há tanto tempo contra cidadãos inocentes, sejam eles muçulmanos ou cristãos”.

Forças iraquianas e seus aliados lançaram uma grande ofensiva nesta semana para retomarem Mosul, a segunda maior cidade do país, das mãos do grupo extremista Estado Islâmico. A Organização das Nações Unidas (ONU) afirma que mais de 4.000 pessoas já fugiram da região. Fonte: Associated Press.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade