Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Os nomes mais cotados para o governo Trump

O ex-prefeito de Nova York Rudy Giuliani e o atual governador de Nova Jersey, Chris Christie, estão cotados para integrar o primeiro escalão

Por Da redação - 9 nov 2016, 23h17

Poucas horas após a vitória do republicano Donald Trump, começam as especulações e rumores sobre os nomes cotados para ocupar os principais cargos no governo do presidente eleito nessa terça-feira. Segundo a rede CNN, cerca de 4.000 vagas serão preenchidas no governo a partir de 20 de janeiro, data da posse de Trump, e os candidatos para o primeiro escalão incluem republicanos que atuaram ativamente na campanha do empresário.

Um dos cotados é o ex-prefeito de Nova York Rudy Giuliani, que comandou a metrópole americana entre 1994 e 2001. Giuliani pode assumir o cargo de Chefe de Gabinete da Casa Branca, Procurador-Geral ou diretor da CIA.

O atual governador de Nova Jersey, Chris Christie, que disputou com Trump a nomeação nas prévias do Partido Republicano, vai comandar a equipe de transição de governo. Em janeiro, ele poderá se tornar Chefe de Gabinete da Casa Branca ou Procurador-Geral dos Estados Unidos, segundo a CNN.

Newt Gingrich, ex-presidente da Câmara, pode ser o novo Secretário de Estado, vaga ocupada por Hillary Clinton entre 2009 e 2013. Os senadores do Tennessee, Bob Corker, e do Alabama, Jeff Sessions, também estão cotados para ocupar a vaga, assim como o ex-embaixador dos Estados Unidos na ONU (2005-2006) John Bolton.

Publicidade

Ex-concorrente de Trump na disputa interna do Partido Republicano, o neurocirurgião aposentado Ben Carson pode ganhar a pasta da Educação ou a da Saúde.

Transição

Nesta quinta-feira, o presidente Barack Obama receberá o sucessor na Casa Branca para discutir a transição do poder nos Estados Unidos. O republicano será recebido às 11h locais (14h, horário de Brasília), e uma entrevista coletiva está prevista para o fim do encontro.

 

 

Publicidade