Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Oklahoma registra mais quatro mortos por tornados

Vítimas da última tempestade chegam à 18. Entre elas estão cinco crianças

O serviço médico legal do estado americano de Oklahoma elevou nesta segunda-feira para 18 o número de pessoas mortas após a passagem na sexta passada dos tornados que atingiram com força Oklahoma City e seus arredores com ventos de 145 quilômetros por hora, acompanhados de fortes chuvas de granizo. Entre elas estão cinco crianças. Os tornados de sexta haviam deixado até agora 14 mortos confirmados. As autoridades retomaram as operações de busca e resgate das vítimas e localizaram quatro pessoas que morreram aforgadas, disse à imprensa o chefe do departamento de bombeiros de Oklahoma City, Keith Bryant. Ainda há ao menos seis pessoas desaparecidas.

Leia também:

Chuva prejudica reconstrução de área castigada por tornado nos EUA

Ponte desaba nos Estados Unidos e afunda carros em rio

Inundações dificultam os trabalhos de reconstrução em Oklahoma, região devastada há 10 dias por outro tornado que matou 24 pessoas. Segundo o consulado da Guatemala em Houston, entre os 18 mortos pelos últimos tornados estão sete guatemaltecos. Também morreram três caçadores de tempestades, especialistas em perseguir furacões e tornados para registrá-los de perto, afirmou o canal CNN. Tim Samaras, de 55 anos, seu filho, Paul, de 24 anos, e o meteorologista Carl Young, morreram em Oklahoma. Tim, que também colaborava com a revista National Geographic, era conhecido pelo uso de uma sonda singular para medir a intensidade do tornado do lado de dentro.

Bebê – Entre os mortos de Oklahoma encontram-se ainda uma mãe e seu bebê, que morreram em um acidente com o carro no qual se deslocavam pela estrada interestadual 40, indicou o departamento de gestão de emergências local. As inundações, no entanto, complicavam os trabalhos de limpeza dos destroços deixados pelo monstruoso tornado de 20 de maio. Os serviços meteorológicos levantaram o aleta de emergência por tornados em Oklahoma, mas mantiveram os alerta por inundações e tempestades.

De acordo com as autoridades, inúmeras pessoas ficaram feridas na sexta-feira em colisões e acidentes de carro. Os ventos violentos deixaram muitos feridos – 87 segundo o jornal local The Oklahoman, 77, de acordo com a rede de televisão local KOCO – e causaram muitos estragos.

Segundo o Serviço Nacional de Meteorologia dos EUA, cinco tornados castigaram a área metropolitana de Oklahoma City na sexta-feira passada. Porém, as autoridades assinalaram que em toda a zona central do país foram contabilizados, entre sexta e sábado, pelo menos 17 tornados, deixando sem provisão elétrica pelo menos 210 000 casas e lojas.

(Com agências EFE e France-Presse)