Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Número de mortos e desaparecidos por furacão no México chega a quase 100

Fenômeno devastou costa sul mexicana, onde ficam os populares resorts da cidade de Acapulco, com ventos de até 270 km/h

Por Da Redação
30 out 2023, 15h28

Autoridades do México estimaram nesta segunda-feira 30, que o número de mortos e desaparecidos pelo furacão Otis é de 92 pessoas. A tempestade de categoria 5 é uma das mais intensas a atingir a região.

O fenômeno natural devastou a costa sul mexicana, onde ficam os populares resorts da cidade de Acapulco, com ventos de até 270 km/h, ao longo da semana passada. A governadora de Guerrero, estado atingido pela catástrofe, Evelyn Salgado, afirmou que 45 foram mortos e 47 seguem desaparecido.

No entanto, ainda não existe uma unanimidade em relação aos números. Neste domingo, autoridades federais de proteção civil disseram que havia 48 mortos, sendo 43 em Acapulco e cinco em Coyuca de Benítez, uma cidade próxima.

+ Furacão de categoria 5 atinge Acapulco, no México

As atualizações de Evelyn foram transmitidas diretamente por ela ao presidente do México, Andrés Manuel Lopez Obrador, que exigiu das autoridades locais, em uma coletiva de imprensa, as garantias de que a população atingida tivesse acesso aos insumos básicos.

Continua após a publicidade

Cerca de 17 mil militares mexicanos foram enviados para ajudar  na continuidade da ordem e na distribuição das toneladas de doações que chegam à localidade. De acordo com estimativas do governo, o custo para reerguer o local poderiam chegar a U$ 15 bilhões.

Cientistas disseram que a velocidade com que Otis transitou de uma tempestade tropical para um furacão de categoria cinco foi rara. O fenômeno quebrou o recorde de taxa de intensificação mais rápida e em um período de 12 horas no Pacífico Oriental, ganhando 130 km/h de velocidade nesse breve período.

“Esta é uma situação extremamente séria para a área metropolitana de Acapulco, com o núcleo do furacão destrutivo provavelmente chegando perto, ou passando sobre a grande cidade na manhã de quarta-feira”, disse o serviço meteorológico mexicano. “Não há registo de furacões nem perto desta intensidade nesta parte do México.”

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.