Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Nobel de Medicina 2021 vai para descobertas sobre temperatura e toque

A pesquisa de David Julius e Ardem Patapoutian está sendo usada no tratamento de diversas doenças

Por Da Redação Atualizado em 4 out 2021, 08h20 - Publicado em 4 out 2021, 07h40

Um estudo que chego a descobertas de como o nosso sistema nervoso pode reagir às mudanças de temperatura e toque foi o grande vencedora do Prêmio Nobel de Medicina de 2021, anunciou a academia Real das Ciências da Suécia nesta segunda-feira, 4.

O norte-americano David Julius, professor da Universidade da Califórnia em São Francisco, e o pesquisador Ardem Patapoutian, nascido em Beirute no Líbano, vão dividir o prêmio de 10 milhões de coroas suecas (cerca de R$ 6,1 milhões). “Os canais identificados são importantes para muitos processos fisiológicos e condições de doença”, afirmou o comitê responsável pelo prêmio.

Nascido em Nova York, EUA, em 1955, David Julius é PhD pela Universidade da Califórnia em Berkeley e concluiu o pós-doutorado na Columbia University, em Nova York. Ele utilizou um composto da pimenta malagueta que induz a sensação de queimação, a capsaicina, para identificar um sensor nas terminações nervosas da pele que responde ao calor.

Ardem Patapoutian, nascido em 1967, fez doutorado no Instituto de Tecnologia da Califórnia em Pasadena, EUA, e pós-doutorado na Universidade da Califórnia, em São Francisco. Usando células sensíveis à pressão, Ardem descobriu uma nova classe de sensores que respondem a estímulos mecânicos, na pele e nos órgãos internos.

“Essas descobertas revolucionárias lançaram atividades de pesquisa intensas, levando a um rápido aumento em nossa compreensão de como nosso sistema nervoso sente o calor, o frio e os estímulos mecânicos. Os laureados identificaram elos essenciais que faltavam em nossa compreensão da complexa interação entre nossos sentidos e o meio ambiente”, disse a academia. No ano passado, o prêmio foi para cientistas que pesquisam sobre o vírus da hepatite C.

Os vencedores das demais categorias do Prêmio Nobel serão anunciadas ainda essa semana — Física, amanhã, 5 de outubro; Química, na quarta-feira, 6 de outubro; Literatura, na quinta-feira, 7 de outubro; Paz, na sexta-feira, 8 de outubro —, com exceção do Nobel de Economia, que será entregue na próxima segunda-feira, 11 de outubro.

Continua após a publicidade

Publicidade