Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Nobel da Paz John Hume morre aos 83 anos na Irlanda do Norte

Ex-líder do Partido Social Democrata e Trabalhista, Hume foi um dos idealizadores da paz na Irlanda do Norte

Por Da Redação 3 ago 2020, 09h07

John Hume, ex-líder do Partido Social Democrata e Trabalhista da Irlanda do Norte (SDLP) e vencedor do Prêmio Nobel da Paz por seu trabalho no processo de paz na província britânica, morreu aos 83 anos, informou sua família nesta segunda-feira, 3.

Hume, que sofria de demência, estava internado em um lar para idosos em Londonderry, no noroeste da Irlanda do Norte. “Estamos profundamente tristes em anunciar que John faleceu pacificamente hoje, depois de uma curta doença”, disse um comunicado assinado pela família.

“Queremos enviar nossos agradecimentos profundos e sinceros às enfermeiras do asilo Owen Mor, em Derry. Os cuidados que John recebeu nos últimos meses de sua vida foram excepcionais. John era marido, pai, avô, bisavô e irmão. Ele era muito amado e sua perda será profundamente sentida por toda a sua família”, acrescentou.

Hume foi uma figura importante no processo de paz que permitiu a assinatura do chamado Acordo da Sexta-feira Santa, em 1998, que encerrou três décadas de violência sectária entre os paramilitares protestantes da Irlanda do Norte e os republicanos do já inativo Exército Republicano Irlandês (IRA).

Seus esforços, que aproximaram e uniram as divisões entre católicos e protestantes, levaram-no a ganhar o Nobel da Paz ao lado do ex-primeiro-ministro da Irlanda do Norte, David Trimble.

O ministro das Relações Exteriores, Simon Coveney, escreveu no Twitter que Hume era um “homem extraordinário, artífice da paz, político, líder, ativista pelos direitos civis”.

Continua após a publicidade

História

Nascido em Londonderry em 18 de janeiro de 1937, Hume pensava em se tornar padre, mas depois de passar pelo seminário mudou de ideia e se formou em História e Francês, idioma que falava com fluência. Ele deu aulas em sua cidade natal, devastada pelo conflito e onde começou a atuar politicamente. Eleito como candidato independente ao Parlamento da província britânica em 1969, Hume integrou no ano seguinte o grupo de fundadores do Partido Social-Democrata e Trabalhista, SDLP.

Em 1983 foi eleito para o Parlamento britânico e nos anos seguintes ajudou a levar o conflito norte-irlandês às manchetes internacionais, com o envolvimento particular do ex-presidente americano Bill Clinton. Localmente, Hume iniciou o diálogo com os nacionalistas do Sinn Fein, o braço político do IRA, e seu líder Gerry Adams, estabelecendo as bases para os acordos de paz.

A família de John Hume afirmou que devido às atuais condições sanitárias, o funeral será organizado com regras muito rígidas quanto ao número de participantes. No futuro será organizada uma homenagem.

No fim de junho, em pleno confinamento provocado pela pandemia do novo coronavírus, quase 1.800 pessoas compareceram ao funeral de Bobby Storey, ex-líder do IRA. Entre as pessoas que participaram no funeral estavam líderes do Sinn Fein, como a vice-primeira-ministra norte-irlandesa Michelle O’Neill, o que provocou pedidos de renúncia e abalou o frágil equilíbrio político na província.

(Com EFE e AFP)

Continua após a publicidade

Publicidade