Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mortos no tiroteio em universidade dos EUA são pais de suspeito

Suposto autor é estudante de 19 anos; os disparos foram feitos dentro do dormitório estudantil do campus universitário

As duas vítimas do tiroteio na Universidade Central de Michigan (CMU, na sigla em inglês), na cidade de Mount Pleasant, nos Estados Unidos, são os pais do suspeito, que ainda é procurado pelas autoridades, informaram nesta sexta-feira meios de comunicação locais.

O suposto autor, um estudante de 19 anos identificado como James Eric Davis, disparou dentro do seu dormitório contra os pais e fugiu correndo do campus universitário. Seis horas depois do tiroteio, Davis, descrito pelas autoridades como um jovem afro-americano “armado e perigoso”, continua foragido.

Em entrevista coletiva, o chefe da polícia universitária da CMU, Larry Klaus, afirmou que “nenhum estudante, professor ou membro da universidade” ficou ferido durante o tiroteio. Klaus explicou que as primeiras investigações levam à conclusão que o tiroteio aconteceu por causa de uma “situação doméstica familiar”.

Além disso, o chefe policial indicou que Davis havia sido internado na noite anterior em um hospital local por “uma overdose ou má reação a drogas” e posteriormente recebeu alta.

Davis, de 1,79 metros de altura, foi visto pela última vez nesta manhã fugindo da cena do crime vestindo calças amarelas e um moletom azul com capuz.

Autoridades locais e estaduais posicionaram equipes táticas especiais e de vigilância aérea pela área da cidade de Mount Pleasant, de 26.300 habitantes, para encontrar o rapaz.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ataíde Jorge de Oliveira

    😮 HIPERB@LICA:
    :Indeçiso entre M.16 ou AK.47
    ,p/Q não PAPAI-MAMã&,pQp 😮

    Curtir

  2. Paulo Bandarra

    É só liberar as drogas. FHC dá força.

    Curtir