Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Ministro que se encontrou com Ivanka Trump testa positivo para coronavírus

Ministro do Interior da Austrália, Peter Dutton, esteve em Washington DC na semana passada

Por Da Redação 13 mar 2020, 11h33

O ministro do Interior da Austrália, Peter Dutton, recebeu um resultado positivo para seu exame de coronavírus nesta sexta-feira, 13. Na semana passada o político australiano se encontrou com Ivanka Trump, filha do presidente americano, Donald Trump, e com o secretário de Justiça dos Estados Unidos, William Barr.

Dutton anunciou seu diagnóstico publicamente nesta sexta. O ministro afirmou que acordou com “temperatura alta e com a garganta dolorida” e foi imediatamente para o hospital.

Atualmente há 199 casos de coronavírus diagnosticados na Austrália, entre eles o do ator Tom Hanks e de sua mulher, Rita Wilson.

O ministro do Interior australiano havia se encontrado na última quinta-feira 5 com Ivanka Trump em Washington DC. Também participou da reunião sobre exploração sexual de menores o secretário de Justiça William Barr.

A possibilidade de Donald Trump estar com coronavírus tem preocupado os Estados Unidos. Além da proximidade de sua filha e de alguns membros de seu governo com Dutton, também discute-se a possibilidade do americano ter sido contaminado pelo secretário de Comunicação do presidente Jair Bolsonaro, Fábio Wajngarten, que testou positivo para o Covid-19.

Durante o final de semana, Wajngarten se encontrou com Trump e com o vice-presidente americano Mike Pence na Flórida. Em suas redes sociais, o chefe da Secom compartilhou uma foto ao lado dos dois líderes. Wajngarten passa bem, mas está trabalhando em sua casa, em São Paulo.

A Casa Branca afirmou na quinta-feira 12 que Donald Trump e Pence não precisam fazer testes para o coronavírus, pois “quase não tiveram interações com o indivíduo” durante a estadia de Bolsonaro no clube de golfe na Flórida no fim de semana passado. O próprio presidente também afirmou não estar preocupado com a possibilidade de Bolsonaro ter sido contaminado.

O líder brasileiro foi testado e aguarda os resultados do exame. Sua família, incluindo a primeira dama Michelle e seus filhos, também fizeram o teste.

Continua após a publicidade

Publicidade