Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ministra do Equador é eleita presidente da Assembleia Geral da ONU

Maria Fernanda Espinosa, de 53 anos, será a quarta mulher a ocupar o cargo nos últimos 73 anos

A ministra de Relações Exteriores do Equador, Maria Fernanda Espinosa, foi eleita presidente da 73ª sessão da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) nesta terça-feira (05), em Nova York, nos Estados Unidos.

Espinosa, de 53 anos, será a quarta mulher a ocupar a presidência da Assembleia Geral em 73 anos. Três meses depois de anunciar sua candidatura, a experiente diplomata recebeu 128 votos dos 193 países que compõem a ONU.

O atual presidente do conselho, Miroslav Lajcak, da Eslováquia, anunciou os resultados e foi respondido com aplausos. “Francamente, 4 de 73 não é um recorde de se orgulhar, mas estou feliz que estejamos nos colocando no caminho certo”, disse após anunciar sua sucessora.

“Eu gostaria de prestar uma homenagem especial às mulheres que lutam todos os dias para ter acesso a empregos em igualdade de condições, mulheres e meninas vítimas de violência, meninas e adolescentes que exigem acesso a informações e educação de qualidade”, disse Espinosa. “Meu compromisso será sempre com elas.”

Temas como direitos humanos, igualdade, alterações climáticas, imigração segura e uma política de portas abertas para todos os Estados-Membros serão alguns dos elementos-chave do seu mandato.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Roberto Azmann

    Tá aí a mídia comunista(veja, isto é, folha, uol), fazendo propaganda de esquerdistas.
    Um dia essa nojeira há de acabar.

    Curtir

  2. Roberto Azmann

    Essa aí que abra as portas da casa dela, pra virar a casa da maria joana.

    Curtir