Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Mandela está respondendo ao tratamento, diz presidente

Após nova visita, Zuma diz que estado de saúde permanece grave, mas estável

Por Da Redação 10 jul 2013, 18h24

O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela permanece em estado grave, mas estável, e responde ao tratamento após mais de um mês no hospital, informou o governo da África do Sul nesta quarta-feira. Mandela, que fará 95 anos no próximo dia 18, foi internado para tratar uma infecção pulmonar recorrente. Esta foi sua quarta internação em seis meses.

“Estamos animados que Madiba está respondendo ao tratamento e pedimos ao povo que continue a prestar apoio e a demonstrar amor, isso dá força a ele e à família”, disse o presidente sul-africano, Jacob Zuma, depois de visitar Mandela, que também é chamado de Madiba, num hospital de Pretória.

Um comunicado presidencial afirma que Zuma “encontrou Mandela ainda em estado grave, mas estável, e foi informado por médicos que ele estava respondendo ao tratamento”. A frágil saúde do primeiro presidente negro da África do Sul, uma figura admirada mundialmente como um símbolo da luta contra o apartheid, mobiliza centenas de sul-africanos a permanecerem em vigília.

Saiba mais:

Saiba mais: Um final atribulado para Mandela

Pouco antes da divulgação do comunicado, Buyelekhaya Dalindyebo, rei da etnia thembu, também visitou Mandela e disse que o líder estava consciente e o reconheceu. “Ele não podia falar, mas fez alguns gestos de reconhecimento, como mover os olhos”, afirmou Dalindyebo, que é sobrinho do ex-presidente sul-africano.

Um documento da famíia de Mandela apresentado à Justiça no fim de junho dizia que ele estava em “estado vegetativo irreversível”. Depois que o documento vazou para a imprensa, a Presidência sul-africana negou a informação.

(Com agências France-Presse e Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade