Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Mais de 4.400 voos são cancelados nos Estados Unidos

Devido à forte nevasca que atinge o país, empresas aéreas preferem evitar que passageiros fiquem retidos em terminais ou em aviões parados

Por Da Redação 1 fev 2011, 20h58

Mais de 4.400 voos foram cancelados desde segunda-feira, nos EUA, devido à tormenta e à nevasca que caíram ao longo de uma extensa faixa do país e se aproximam da região central, informou nesta terça-feira o site FlightAware.com, especializado em tráfico aéreo. A tempestade deve se estender por mais de 3.200 quilômetros, despejando até 60 centímetros de neve no Centro-Oeste do país.

As empresa aéreas cancelaram preventivamente 2.428 voos previstos para a quarta-feira, informou o FlightAware.com, e cerca de 800 voos já tinham sido cancelados na segunda-feira. A American Airlines disse que 45% das suas operações são afetadas, e que o número pode subir. A United Airlines recomendou aos passageiros que verifiquem seus voos pelo portal da empresa.

O aeroporto do Texas Dallas-Fort Worth, um importante centro do tráfego aéreo do país, fechou brevemente na segunda-feira devido à tormenta. Quando reabriu, ainda registrava atrasos de cerca de três horas. Foram cancelados 700 voos no local, além de 640 em Newark, no estado de Nova Jersey, e 780 nos aeroportos de LaGuardia e JFK, na cidade de Nova York.

O O’Hare de Chicago, um dos aeroportos com maior tráfego do mundo, também cancelou cerca de 800 voos na terça-feira. “Esta tormenta terá impacto significativo nas companhias aéreas, particularmente naquelas que fazem escala em Chicago (United e American) e em Newark (Continental)”, advertiu a página da empresa na web.

O clima imprevisível do inverno é sempre um transtorno para as companhias aéreas, e isso pode afetar seus resultados financeiros no trimestre. Mas o cancelamento antecipado dos voos ajuda as empresas a evitarem que seus passageiros fiquem retidos em terminais aéreos ou em aviões parados.

(Com agências France-Presse e Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade