Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Líder palestino Barghuti é castigado em prisão israelense

O líder palestino Marwan Barghuti, preso em uma prisão israelense, foi sancionado pelas autoridades penitenciárias por ter lançado recentemente um chamado à “resistência popular pacífica”, informou a rádio pública israelense na noite deste domingo.

Barghuti foi isolado e não está autorizado a realizar refeições, completou a rádio, que não informou quanto tempo essas punições durarão.

“Faço um chamado ao grande povo palestino à unidade, à coesão, à criação de um governo de unidade nacional, e a prosseguir com a resistência popular e pacífica para colocar fim à ocupação israelense”, declarou Barghuti na quarta-feira, à imprensa, ao comparecer como testemunha diante de um tribunal israelense em Jerusalém.

Marwan Barghuti, um dos líderes da segunda Intifada palestina (2000-2005), foi condenado a cinco penas de prisão perpétua por um tribunal israelense por sua participação em ataques mortais.

Interrogado como testemunha, devido a uma denúncia americana no civil contra a direção palestina, negou-se a responder, segundo afirmou seu advogado, Elias Sabbagh.

Muito popular entre os palestinos, Barghouti, que foi secretário-geral do Fatah na Cisjordânia, é apontado como um possível sucessor do presidente Mahmoud Abbas.