Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Kabila segue liderando eleições na RDC e violentos choques são registrados

Kinshasa, 6 dez (EFE).- O chefe de Estado da República Democrática do Congo (RDC), Joseph Kabila, segue liderando a corrida presidencial do país, indicam os últimos números oficiais divulgados nesta segunda-feira à noite, enquanto foram registrados confrontos em Kinshasa na expectativa dos resultados preliminares.

Segundo anunciou a Comissão Eleitoral Nacional Independente (Ceni), até o momento Kabila já obteve mais de 4,7 milhões de votos na eleição presidencial, realizada no dia 28 de novembro.

Já o principal rival do presidente, Etienne Tshisekedi, conseguiu mais de 4,618 milhões, razão pela qual apenas 90 mil votos separam aos dois principais candidatos após 68% das urnas apuradas.

Estes resultados apertados fizeram com que aumente ainda mais a tensão na RDC, o que está motivando a fuga de milhares de congoleses e gerando choques entre os militantes dos dois candidatos, especialmente intensos em Kinshasa.

Como consequência, as ruas da capital estão praticamente desertas e os habitantes decidiram ficar em suas casas diante do temor de confrontos similares aos que ocorreram nos últimos dias da campanha eleitoral e que, segundo a Human Rights Watch, causaram 18 mortes, todas elas de responsabilidade da Guarda Republicana, que zela pela segurança do presidente.

Após a publicação dos resultados preliminares, a Corte Suprema da RDC terá que anunciar os resultados oficiais em 17 de dezembro, após ter analisado as queixas que poderão ser apresentadas pelos candidatos.

Mais de 32 milhões de congoleses foram convocados a participar das eleições presidenciais e legislativas da RDC, essenciais para a estabilização do país ao serem as segundas realizadas depois de mais de quatro décadas de guerras civis e ditaduras militares. EFE