Clique e assine a partir de 9,90/mês

Incêndio criminoso mata mais de vinte em estúdio de animação no Japão

Fogo, que também deixou mais de 30 feridos, atingiu sede da Kyoto Animation

Por Da Redação - Atualizado em 18 jul 2019, 14h31 - Publicado em 18 jul 2019, 03h13

Ao menos 26 pessoas morreram e 35 ficaram feridas em um incêndio de origem criminosa que destruiu um estúdio de animação em Quioto, no oeste do Japão, na quarta-feira 17 (horário de Brasília).

O fogo teve início por volta das 10h30 local (22h30, em Brasília) em um imóvel da Kyoto Animation, que produz séries de sucesso para a TV.

Três horas depois, estava quase controlado, embora uma fumaça branca ainda saísse de algumas janelas, de acordo com imagens transmitidas pela televisão.

“Estamos acompanhando a situação e vendo como podemos proceder. De momento não é possível dizer mais nada”, declarou à Agência France-Presse um funcionário da casa matriz do estúdio.

Continua após a publicidade

Os bombeiros enviaram 35 caminhões ao local, e informaram “numerosos feridos”, incluindo pessoas desfalecidas, segundo um representante da instituição.

As autoridades suspeitam que “um homem jogou um líquido inflamável e começou o incêndio”, disse um porta-voz da polícia de Quioto.

Segundo a imprensa, o responsável pelo incêndio tem cerca de 40 anos, ficou ferido e estaria hospitalizado sob vigilância policial. “O homem teria dito: ‘eles vão morrer'”, de acordo com um testemunho transmitido pelo canal de televisão pública NHK.

“Algumas testemunhas afirmaram que ouviram detonações no primeiro andar da Kyoto Animation e viram fumaça”, disseram os bombeiros. “Eu ouvi duas explosões fortes”, contou um homem à NHK.

Continua após a publicidade

Acredita-se que cerca de 70 pessoas estavam no prédio quando o incidente começou. “Continuamos com as operações de socorro, evacuando os indivíduos presos dentro do prédio, alguns dos quais talvez não sejam capazes de se mover sozinhos”, disse um porta-voz dos bombeiros.

“Encontramos pessoa em parada cardíaca no segundo andar e outras dez no mesmo estado nas escadas entre o segundo andar e o telhado”, disse outro representante do Corpo de Bombeiros.

Violência cega

A Kyoto Animation é uma produtora de desenhos animados e vende produtos derivados das séries. Cerca de 160 pessoas trabalham na empresa, que inclui uma escola de animação. O grupo possui dois edifícios, um dos quais foi o alvo do incêndio.

A taxa de criminalidade é relativamente baixa no Japão, mas de tempos em tempos o país registra crimes sangrentos provocados pela chamada violência cega, na qual indivíduos em um momento de loucura matam indiscriminadamente.

Continua após a publicidade

Em julho de 2016, um jovem esfaqueou 19 pessoas em um hospital para doentes mentais, a cerca de 50 km de Tóquio, o mais grave assassinato em massa desde 1938.

Em 2008, um homem de 28 anos, armado com uma faca e atrás do volante de um caminhão, causou pânico no bairro de Akihabara, em Tóquio, deixando sete mortos e 10 feridos.

O homem atropelou vários transeuntes e depois deixou o veículo para esfaquear várias pessoas.

Em junho de 2001, um homem matou oito crianças em uma escola de Osaka.

Continua após a publicidade

(Com AFP)

Publicidade