Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Japão elege líder do partido governista e provável novo primeiro-ministro

Yoshihide Suga, braço direito do ex-primeiro-ministro Shinz Abe, agora espera o Parlamento o ratificar no cargo de premiê

Por Da Redação 14 set 2020, 09h51

O Partido Liberal Democrata (PLD), que está no poder no Japão, elegeu nesta segunda-feira, 14, Yoshihide Suga como o novo líder da sigla para substituir o ex-primeiro-ministro Shinzo Abe, que renunciou o cargo devido a problemas de saúde. Para Suga se tornar premiê, porém, é necessária a eleição no Parlamento, que deve ocorrer ainda nesta semana.

Suga, de 71 anos, braço direito do ex-primeiro-ministro desde 2012 e parte da ala burocrata do governo, obteve 377 dos 535 votos para se tornar o líder do partido.

Em mensagem aos seus partidários, Suga lembrou que Shinzo Abe precisou renunciar por motivos de saúde, mas afirmou que é preciso continuar com seu trabalho. “Um vácuo político não pode ser tolerado em meio à expansão da pandemia do coronavírus e da crise nacional. Temos de herdar e continuar os esforços do primeiro-ministro Abe”, disse.

A vitória de Suga já se era antecipada devido ao apoio que recebia de grupos de dentro do partido, aos quais Suga se comprometeu a seguir as políticas deixadas por Abe.

Já o Parlamento irá realizar uma sessão extraordinária entre as próximas quarta e sexta-feira para a nomeação do novo primeiro-ministro. A tendência é que o nome de Suga seja o escolhido, uma vez que o PLD detém maioria.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade